Judoca Maria Portela conquista bronze no Grand Slam de Abu Dhabi

Estadão Conteúdo
Artes marciais | Publicado em 27/10/2017 às 12:35

Foto: Marcio Fernandes / Estadão

Após faturar três medalhas de prata no primeiro dia do Grand Slam de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, o judô brasileiro voltou a ir ao pódio nesta sexta-feira. A peso médio (70kg) Maria Portela faturou o bronze ao superar com um ippon a alemã Laura Vargas Koch na luta que lhe rendeu a medalha.

Maria Portela estreou em Abu Dhabi com vitória sobre a russa Valentina Maltseva. Na quartas de final, conseguiu um wazari, mas depois foi imobilizada pela alemã Miriam Butkereit. Isso a levou para a repescagem, tendo vencido a belga Lola Mansour, que foi desclassificada da luta ao levar três punições.

No combate pela medalha, Maria Portela encarou Koch, bronze na Olimpíada do Rio. A brasileira conseguiu um wazari no minuto inicial, recebeu duas punições por falsos ataques, mas depois obteve nova projeção, seguida por imobilização até o ippon. Essa foi a sexta medalha dela em etapas de Grand Slam, sendo um ouro, duas pratas e três bronzes.

Os outros quatro brasileiros que competiram nesta sexta em Abu Dhabi foram eliminados precocemente. Eduardo Yudi Santos (81kg) venceu na estreia o polonês Damian Szwarnowiecki, mas perdeu na sequência para o mongol Dagvasuren Nyamsuren.

Na primeira luta, Alex Pombo (73kg) caiu para Rustam Orujov, do Azerbaijão, enquanto Lincoln Neves (73kg) perdeu para Khikmatillokh Turaev, do Usbequistão, assim como Barbara Timo (70kg) para Kim Polling, da Holanda.

No sábado, o Brasil será representado em Abu Dhabi por Samanta Soares (78kg), Mayra Aguiar (78kg), Maria Suelen Altheman (+78kg), Beatriz Souza (+78kg), Eduardo Bettoni (90kg), Rafael Macedo (90kg), Rafael Buzacarini (100kg) e Rafael Sivla "Baby" (+100kg). Na sexta-feira, Rafaela Silva (57kg), Érika Miranda (52kg) e Felipe Kitadai (60kg) conquistaram medalhas de prata.



Relacionados

Artes marciais | 17-09-2018 07:10

Japonesa quer feitos em Mundial como 1ª mulher a liderar judô masculino do Brasil

Japonesa quer feitos em Mundial como 1ª mulher a liderar judô masculino do Brasil

Artes marciais | 16-09-2018 09:45

Em luta equilibrada, Canelo vence GGG e chega ao 2.º título peso médio

Em luta equilibrada, Canelo vence GGG e chega ao 2.º título peso médio

Artes marciais | 15-09-2018 12:15

Floyd Mayweather anuncia que vai fazer revanche contra Manny Pacquiao em 2018

Floyd Mayweather anuncia que vai fazer revanche contra Manny Pacquiao em 2018

Foz do Iguaçu | 12-09-2018 10:21

Cerca de 120 entidades esportivas foram beneficiados com o Nota Paraná

Cerca de 120 entidades esportivas foram beneficiados com o Nota Paraná