Linha 4

Publicidade

Atletismo de Londrina conquista quatro medalhas no Brasileiro Sub-23

Redação Tarobá News

Foto: Assessoria de Imprensa/Divulgação

A equipe Londrina/FEL/IPEC fez mais uma boa campanha em campeonatos brasileiros interclubes de atletismo. Dessa vez, na categoria sub-23, o time subiu ao pódio quatro vezes e ainda obteve um recorde paranaense. A competição realizada em Bragança Paulista (SP) reuniu os principais atletas da modalidade no país. Por conta do calendário desgastante, os londrinenses inscreveram uma equipe reduzida, com apenas 12 competidores.

Foram três medalhas de bronze. O primeiro veio com Heber de Lima Santos, no lançamento do martelo: 50, 76 metros. Nos 800 metros, Pedro Tombolim garantiu a terceira posição, com 1min51seg87, ratificando mais uma vez o índice para disputar o Campeonato Pan-Americano Sub-20, em outubro no Chile. Atualmente, ele é o segundo colocado do ranking nacional sub-20.

Por fim, Leonardo Mário dos Santos. Campeão paranaense há duas semanas, o atleta foi bronze no arremesso do peso. Com a marca de 16,02 metros, ele quebrou o recorde paranaense pela segunda vez em menos de um mês, superando a marca que havia feito no estadual, há duas semanas. “Feliz por mais essa marca, esse era um dos objetivos e conseguimos. Estou confiante de que posso seguir evoluindo e buscar coisas maiores”, comentou o atleta.

Entre as mulheres, destaque para Maria Eduarda Ferreira Barbosa, que conquistou a medalha de prata no salto em altura, com a marca de 1,71 metro. “É a recompensa por um trabalho de muita dedicação que a gente vem fazendo. Agradecer a equipe por todo apoio mais uma vez”, disse a medalhista.

Coordenadora técnica da equipe e chefe da delegação em Bragança Paulista, Silvana Vieira fez um balanço positivo da participação na competição. “São resultados importantes. Atletas como o Leo (Leonardo Mário), Heber e Maria Eduarda vêm conquistando resultados importantes desde categorias inferiores e mostraram mais uma vez que tem margem para evolução, diante de um campeonato bastante difícil. Assim como o Pedro, que também de uma sequência importante de resultados e agora vai ter uma competição internacional pela frente. É dar sequência, sem deixar cair”, avaliou a treinadora.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Nós usamos cookies teste site para lhe proporcionar a melhor experiência possível lembrando de preferências em visitas anteriores. Clicando em "Aceitar" você aceita o uso de cookies e nossos Termos de Uso.