Linha 4

Publicidade

Equipe londrinense de atletismo inicia maratona intensa de competições

Da Redação

Foto: Divulgação

O último mês de 2020 será de muito trabalho e desafios para a equipe de atletismo do Londrina/FEL/IPEC. Após várias conquistas e bons resultados conquistados durante o ano, dezembro chega com uma agenda repleta de campeonatos e desafios sequenciais para os atletas londrinenses e comissão técnica. Por conta da pandemia do novo coronavírus, o calendário atual ficou mais apertado em relação aos anos anteriores, o que aumenta a exigência física e emocional de todos os envolvidos.

A partir de hoje (3), quando a equipe inicia sua campanha no Campeonato Paulista Sub-18 e sub-23, em Campinas (SP), serão cinco competições a serem disputadas em um intervalo de 15 dias. A sequência tem exigido uma preparação especial que envolve toda a equipe. O técnico Gilberto Miranda reforçou que o lado emocional precisa receber atenção nesse momento, para além da parte física, para que seja possível suportar a grande sequência, dentro e fora das pistas.

Ainda nesta semana, a equipe terá participações no Campeonato Paulista Sub-16, também em Campinas, no dia 6, mesma data do Grande Prêmio Brasil de Atletismo, uma das principais competições da modalidade no país e que terá a capital paulista como sede. Na sequência do calendário, a equipe marcará presença no Troféu Brasil, a principal competição do atletismo nacional, que será realizado no próximo dia 10, em São Paulo; e fecha o ano na disputa do Campeonato Brasileiro Sub-23, em Bragança Paulista.

Ao todo serão mais de 40 atletas e comissão técnica envolvidos nas competições, além de todo o apoio de logística, com a contratação de transporte, hospedagem e alimentação. Somando todos os campeonatos, serão oito dias de disputas intensas nas pistas. Entre deslocamentos para viagem, a equipe passará mais de 48 horas nas estradas.

O treinador lembrou que essa será uma das maratonas mais intensas já vivenciadas pela equipe em todos os anos de trabalho com o atletismo. Para ele, é importante que tanto atletas como comissão estejam envolvidos para dar o máximo e fechar 2020 com novos bons resultados, coroando um ano positivo.

Com assessoria

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade