Queniano Geoffrey Kamworor bate recorde mundial da meia maratona

Estadão Conteúdo
Atletismo | Publicado em 15/09/2019 às 19:25

O corredor queniano Geoffrey Kamworor quebrou o recorde mundial da prova de meia maratona neste domingo, durante prova disputada em Copenhague, na Dinamarca. Ele superou a antiga marca por 17 segundos ao completar a distância em 58min01s. O recorde anterior, de 58s18, pertencia ao seu compatriota Abraham Kiptum, que obteve a marca em Valência, na Espanha, no ano passado.

Até então, a melhor marca pessoal de Kamworor era 58min54s. Aos 26 anos, ele vem dominando a distância nas últimas temporadas, com direito a três títulos mundiais. O queniano também se destaca na prova dos 10.000 metros.

"É muito emocionante para mim conseguir esse recorde. E fazer isso em Copenhague, onde conquistei meu primeiro título mundial, acrescenta algo especial a esta conquista", comemorou o corredor.

Neste domingo, Kamworor soube tirar vantagem das condições climáticas da capital dinamarquesa. Sob temperatura baixa e até chuva mais forte no início da corrida, ele passou a impor forte ritmo na prova a partir do 15º quilômetro e não foi mais alcançado pelos adversários.

O pódio da prova foi totalmente africano. O também queniano Bernard Kipkorir chegou em segundo lugar, com o tempo de 59min16s, seguido pelo etíope Berehanu Wendemu, com 59min22s.



Relacionados

Foz do Iguaçu | 30-06-2020 09:04

Meia Maratona das Cataratas é adiada para o ano que vem

Meia Maratona das Cataratas é adiada para o ano que vem

Atletismo | 21-05-2020 10:25

COI admite cancelar Olimpíada se coronavírus não estiver controlado em 2021

COI admite cancelar Olimpíada se coronavírus não estiver controlado em 2021

Atletismo | 18-05-2020 08:50

Maurren Maggi lidera iniciativa que busca valorização da mulher no esporte

Maurren Maggi lidera iniciativa que busca valorização da mulher no esporte

Cascavel | 07-05-2020 13:34

Direção do Centro de Atletismo revela que local pode ser usado ainda este ano

Direção do Centro de Atletismo revela que local pode ser usado ainda este ano