Automobilismo

Automobilismo

Raikkonen garante que vai se sacrificar para ajudar Vettel na luta pelo título


Raikkonen garante que vai se sacrificar para ajudar Vettel
Foto: Divulgação

Kimi Raikkonen está preparado para se sacrificar para ajudar Sebastian Vettel, o seu companheiro de equipe na Ferrari, a conquistar o seu quinto título na Fórmula 1. O alemão lidera o campeonato com 12 pontos de vantagem para Lewis Hamilton, da Mercedes, após sete corridas. Raikkonen é o quarto colocado, 68 pontos atrás de Vettel.

"Quando eu não tiver chances matemáticas para lutar pelo campeonato, claro que vou ajudá-lo. Não tenho problemas com isso", disse Raikkonen, nesta quinta-feira, na véspera do início das atividades do fim de semana do GP do Azerbaijão. "Isso é sobre o time e a primeira coisa é tentar garantir que estamos no topo com a Ferrari".

A Ferrari tenta levar o seu primeiro Mundial de Pilotos desde que Raikkonen ganhou seu único título em 2007 e a primeira conquista de construtores desde 2008 - na batalha entre as equipes, está oito pontos atrás da Mercedes. "Nós temos um bom carro em todos os aspectos. Espero que voltemos a estar na frente. Todas as corridas este ano estão sendo apertadas", afirmou Raikkonen.

Nesta temporada, Raikkonen teve esperanças de conquistar a vitória no GP de Mônaco, quando faturou a pole position, mas viu as suas chances de ganhar serem arruinadas por um pit stop antes do desejado, o que abriu caminho para Vettel superá-lo em uma dobradinha da Ferrari.

Naquele oportunidade, Raikkonen exibiu frustração com a estratégia adotada. Agora, porém, ele garantiu que estará completamente empenhado em ajudar Vettel quando a oportunidade surgir. "Eu acho que temos regras muito claras na equipe e o que a equipe quer que nós façamos. Vamos seguir as regras. Nada mudou e nós sabemos exatamente como as coisas vão seguir. Isso é bom", afirmou.

Raikkonen reconheceu que a consistência de Vettel faz dele a escolha óbvia para ser o piloto número 1 da equipe. "Seb fez grandes corridas até agora e tem sido forte em tudo. Eu não comecei muito bem as primeiras corridas. Eu não estava onde queria estar".


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina