De olho no Mundial, seleção masculina de basquete bate a Argentina em amistoso

Estadão Conteúdo
Basquete | Publicado em 15/08/2019 às 15:40

Em sua preparação para a disputa do Mundial da China, a seleção brasileira masculina de basquete derrotou nesta quinta-feira a Argentina por 89 a 82 (51 a 45 no primeiro tempo), em Lyon, na França, em um torneio amistoso que conta também com as participações dos donos da casa e de Montenegro. Essa foi a terceira vitória em três jogos desde o início dos treinamentos no último dia 8 - antes, ainda no Brasil, bateu o Uruguai por duas vezes, em Anápolis (GO) e em Belém.

Nesta sexta-feira, a equipe comandada pelo técnico croata Aleksandar Petrovic jogará contra a França, a partir das 15h30 (de Brasília). No sábado, às 13 horas, a participação no torneio amistoso em Lyon será encerrada com o duelo contra Montenegro, que será o terceiro adversário da seleção na primeira fase do Mundial, no dia 5 de setembro. Antes, os rivais serão a Nova Zelândia e a Grécia.

O cestinha da partida na França foi o argentino Nicolas Laprovittola com 18 pontos, enquanto que pelo Brasil os maiores pontuadores foram Vitor Benite e Leandrinho, com 15 e 14 pontos, respectivamente.

O torneio amistoso em Lyon é preparatório para a disputa do Mundial, entre 31 deste mês e 15 de setembro, que vai distribuir sete vagas para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. O continente americano tem direito a duas vagas e, por isso, para se garantir logo na competição japonesa, o Brasil precisar terminar entre os dois melhores das Américas.

A estreia brasileira na disputa chinesa será no dia 1.º de setembro contra a Nova Zelândia. Os dois melhores de cada grupo avançam para a segunda fase. Caso não consiga a vaga olímpica no Mundial, a seleção terá de ficar entre os 24 melhores do torneio na China para ter o direito de disputar o Pré-Olímpico em 2020, que ainda não tem data e local definidos.

Em quadra, o Brasil começou jogando com uma mescla da experiência de Marcelinho Huertas e Anderson Varejão, com a juventude de Didi e Bruno Cabloco. A mistura deu certo nos primeiros minutos com a seleção abrindo cinco pontos de vantagem. Com o início da rotação de jogadores e um bom aproveitamento argentino nos chutes de três, o duelo ficou equilibrado com a alternância no placar. Ao final do primeiro tempo, vitória brasileira por 51 a 45.

A segunda etapa começou com o mesmo panorama. O Brasil abria vantagem, que chegou a ser de seis pontos, mas a Argentina logo se recuperava e até conseguia passar na frente. Assim foi até a metade do quarto e decisivo período, quando os brasileiros dominaram as ações com a presença de cinco jogadores mais experientes em quadra - Leandrinho, Alex, Anderson Varejão, Marquinhos e Marcelinho Huertas - e conseguiram a vitória.



Relacionados

Basquete | 12-09-2019 10:30

Servia vence e EUA terão sua pior campanha na história do Mundial de Basquete

Servia vence e EUA terão sua pior campanha na história do Mundial de Basquete

Basquete | 11-09-2019 10:40

França acaba com invencibilidade de 13 anos dos EUA e avança à semi do Mundial

França acaba com invencibilidade de 13 anos dos EUA e avança à semi do Mundial

Basquete | 08-09-2019 12:50

Argentina derrota a Polônia e a Espanha vence a Sérvia no Mundial de Basquete

Argentina derrota a Polônia e a Espanha vence a Sérvia no Mundial de Basquete

Basquete | 07-09-2019 12:20

EUA bate Grécia e complicam situação do Brasil no Mundial Masculino

EUA bate Grécia e complicam situação do Brasil no Mundial Masculino