Linha 4

Publicidade

Atleta olímpico do bobsled brasileiro morre em acidente de moto

Redação Tarobá News

Foto: Instagram edsonbindilatti_oficial

Integrante da seleção brasileira de bobsled, Odirlei Pessoni morreu neste sábado (27) em um acidente de moto na região da Represa de Peixoto, próxima à cidade de Ibiraci (MG), no sudeste mineiro. Natural de Franca (SP), Odirlei tinha 38 anos e se preparava para disputar a terceira Olimpíada de Inverno da carreira em 2022, em Pequim (China).

O paulista representou o Brasil nos Jogos de Sochi (Rússia), em 2014, e Pyeongchang (Coreia do Sul), quatro anos depois. Em 2017, ele construiu, na garagem de casa, com apoio da Confederação Brasileira de Desportos no Gelo (CBDG), um equipamento para ajudar o treino de push, que é o momento em que o trenó do bobsled larga para descer na pista de gelo. A ideia é que a seleção nacional pudesse continuar a preparação técnica mesmo longe de países onde o clima é frio e ocorrem as disputas da modalidade.

"São placas de três metros, que são encaixadas e aparafusadas. Podemos desmontar [a pista] e levar para onde quisermos", explicou Odirlei na ocasião, em entrevista à TV Brasil.

 morte do atleta foi lamentado pela CBDG em publicação nas redes sociais. Companheiro de Odirlei na seleção brasileira nos Jogos de 2014 e 2018 e na atual formação, Edson Bindilatti também se manifestou, em uma postagem no Instagram.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade