Bruno Lima sofre lesão no joelho direito e desfalca Guarani no restante de 2019

Estadão Conteúdo
Futebol | Publicado em 11/09/2019 às 15:30

Foto: Letícia Martins / Guarani FC

O temor se transformou em realidade: o zagueiro Bruno Lima rompeu o ligamento cruzado posterior do joelho direito e vai precisar passar por uma cirurgia. Com isso, o defensor não atua mais pelo Guarani no Campeonato Brasileiro da Série B.

O prazo para recuperação gira em torno de seis a nove meses, o que faz com que Bruno Lima tenha condições de retornar aos gramados somente na reta final do Campeonato Paulista de 2020. Seu contrato com o Guarani vai até o dia 30 de abril do ano que vem.

A contusão aconteceu no final do jogo contra o Oeste - derrota por 3 a 2, em Campinas (SP), no último sábado - justamente quando Bruno Lima vivia o seu melhor momento desde que chegou ao estádio Brinco de Ouro da Princesa. Essa era a sua quarta partida seguida como titular sob o comando do técnico interino Thiago Carpini.

Com a baixa de Bruno Lima, a diretoria deve ir atrás de um novo reforço para o sistema defensivo e um nome que voltou a pauta foi o de Bruno Silva, que recentemente retornou ao Vasco por decisão judicial. Neste momento, Diego Giaretta, Ferreira, Luiz Gustavo e o jovem Pedro Moraes são as opções.

Na lanterna da Série B com 19 pontos, o Guarani volta a campo neste sábado contra o Vitória, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 22.ª rodada.



Relacionados

Futebol | 20-02-2020 21:45

Cruzeiro perde, vê o Tombense assumir a liderança do Mineiro e fica fora do G4

Cruzeiro perde, vê o Tombense assumir a liderança do Mineiro e fica fora do G4

Londrina | 20-02-2020 21:43

Ídolo do LEC, Carlos Alberto Garcia será tema de documentário

Ídolo do LEC, Carlos Alberto Garcia será tema de documentário

Futebol | 20-02-2020 21:20

Flamengo é absolvido por gritos homofóbicos em clássico com o Fluminense

Flamengo é absolvido por gritos homofóbicos em clássico com o Fluminense

Futebol | 20-02-2020 13:45

Vasco aguarda súmula para definir estratégia após caso de racismo na Bolívia

Vasco aguarda súmula para definir estratégia após caso de racismo na Bolívia