Linha 4

Publicidade

CBF "rebaixa" para a Série B árbitros que erraram na última rodada

Redação Tarobá News

A última rodada do Campeonato Brasileiro foi marcada por erros graves de arbitragem que contribuíram para mudar resultados. As falhas alteraram resultados em diferentes partes da tabela, e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) agiu para evitar maiores problemas.

A entidade que rege o futebol nacional decidiu mandar para a Série B três trios de arbitragem que participaram de jogos no último domingo (30). A decisão foi confirmada pelo chefe da comissão de arbitragem Coronel Marcos Marinho em entrevista ao Sportv.

"Temos outras competições para eles possam estar atuando novamente e para que possamos estar reavaliando se é caso de voltar ou não à Série A, que é a competição mais importante e de uma exposição muito grande", afirmou.

A 27ª rodada do Brasileirão viu o Palmeiras assumir a liderança em vitória por 3 a 1 sobre o Cruzeiro, jogo em que houve uma decisão grave. Ainda no primeiro tempo, o árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva marcou um pênalti para os mineiros em lance que ocorreu fora da área. Ele foi "rebaixado" junto com os auxiliares Hélcio Araújo Neves e Heronildo Freitas da Silva.

Outro trio enviado para a Série B foi o envolvido no triunfo do Internacional por 2 a 1 sobre o Vitória. A equipe formada pelo árbitro Sávio Pereira Sampaio e pelos auxiliares Daniel Henrique da Silva Andrade e Ciro Chaban Junqueira anulou um gol legal do Colorado e assinalou um pênalti fora da área contra os baianos.

Por fim, o árbitro Caio Max Augusto Vieira e os auxiliares Jean Márcio dos Santos e Vinícius Melo de Lima foram afastados da Série A depois de penalidade discutível marcada a favor do Santos que resultou no gol da vitória por 1 a 0 contra o Atlético-PR. 

Leia mais em Goal,com 

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade