Dirceu Pinto, dono de 4 medalhas de ouro paralímpicas na bocha, morre aos 39 anos

Estadão Conteúdo
Futebol | Publicado em 01/04/2020 às 19:15

Dono de quatro medalhas de ouro em Paralimpíadas, Dirceu Pinto, de 39 anos, morreu, nesta quarta-feira, em Mogi das Cruzes, vítima de um enfarte agudo do miocárdio. O atleta era nascido em Francisco Morato, na Grande São Paulo.

Dirceu foi bicampeão olímpico nos Jogos de Pequim-2008 e em Londres-2012, em simples e duplas na bocha, além de somar uma medalha de prata por equipes nos Jogos do Rio, em 2016. Também conquistou dois ouros no Mundial de 2010 e uma prata no Mundial de 2014.

Dirceu, que teve uma distrofia muscular na região da cintura (coxa e abdômen), competia pela classe BC4, para atletas cadeirantes que não recebem assistência durante as partidas.

O Comitê Paralímpico Brasileiro, em suas redes sociais, lamentou a morte do atleta. "O CPB envia seu mais profundo sentimento à família e amigos enlutados e compartilha da dor e da tristeza com os mesmos."



Relacionados

Futebol | 25-05-2020 15:38

Secretaria da Saúde autoriza que clubes paranaenses retornem aos treinamentos

Secretaria da Saúde autoriza que clubes paranaenses retornem aos treinamentos

Futebol | 25-05-2020 14:25

Ex-técnico de Corinthians, São Paulo e seleção, Vadão morre vítima de câncer

Ex-técnico de Corinthians, São Paulo e seleção, Vadão morre vítima de câncer

Londrina | 25-05-2020 11:01

Médico do clube relembra festa na conquista da Taça de Prata

Médico do clube relembra festa na conquista da Taça de Prata

Futebol | 25-05-2020 08:46

Crise financeira faz com que marketing esportivo ganhe força no futebol

Crise financeira faz com que marketing esportivo ganhe força no futebol