Futebol

Futebol

Diretoria do São Paulo anuncia venda de Thiago Mendes ao Lille


Diretoria do São Paulo anuncia venda de Thiago Mendes ao Lille
Foto: divulgação

O São Paulo resistiu às primeiras investidas, mas acabou vendendo o volante Thiago Mendes para o Lille, da França. O negócio foi concluído nesta sexta-feira por 9 milhões de euros (cerca de R$ 34 milhões). Resta apenas a assinatura do contrato. Oitenta por cento dos direitos econômicos pertencem ao clube e 20% a um grupo de empresários e ao Goiás.

A diretoria do clube confirmou a negociação, mas revelou que era contrária à saída do jogador. "Seguindo nossa linha de transparência na gestão, o Thiago Mendes foi negociado ontem (quinta-feira) à noite . Ainda não tem nada assinado, mas já existe acordo fechado. Nunca foi intenção do São Paulo negociá-lo, já que ele fazia parte do nosso projeto esportivo, mas o que pesou foi a vontade do atleta. Até por isso decidimos colocar isso para a comunidade são-paulina e torcida, para que não paire dúvidas sobre o que estamos fazendo aqui", disse o diretor de futebol do São Paulo, Vinícius Pinotti.

Lille estava interessado em Thiago Mendes desde o começo de junho, quando conseguiu contratar o atacante Luiz Araújo. Inicialmente, o clube francês ofereceu 7,5 milhões de euros (R$ 28,2 milhões), proposta que foi rejeitada pelo clube paulista. Além do aumento da oferta, um telefonema do técnico Marcelo Bielsa, que dirige o clube francês, foi decisivo para convencer o jogador.

"Foi uma escolha minha sair. O presidente e o Pinotti fizeram de tudo para a minha permanência no São Paulo, tive todo o apoio deles e do Rogério Ceni, mas queria jogar na Europa. Agradeço ao São Paulo e por todos que sempre me ajudaram nesses três anos de casa. É uma decisão que só cabia a mim. Decidi sair do São Paulo. Tive uma conversa, mas sempre deixei claro que foi um sonho meu jogador na Europa. O São Paulo fez de tudo para me manter, mas eu decidi", disse Thiago Mendes em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, no CT da Barra Funda.

O jogador afirmou que a fase ruim não pesou em sua decisão. O São Paulo não vence há cinco rodadas no Campeonato Brasileiro. "Tivemos um papo bem aberto. Fui bem sincero no desejo que tenho de jogar na Europa. Os três fizeram de tudo para me segurar, mas era um grande desejo realizar este sonho. Só tenho de agradecer ao clube por tudo que fez por mim. Em momento nenhum, pesou a fase do São Paulo. Nenhum jogador gostaria de estar nessa situação, mas o São Paulo é grande e vai se recuperar, o Rogério está fazendo um grande trabalho", afirmou o titular da equipe de Rogério Ceni, que disputou 26 partidas e marcou cinco gols pelo São Paulo nesta temporada. Ele estava no clube desde 2015, com 12 gols em 147 jogos.

Nesta semana, o zagueiro Maicon foi vendido ao Galatasaray, da Turquia. Somente em 2017, o São Paulo negociou David Neres, Augusto Galvan, Lyanco, Luiz Araújo, Maicon e agora Thiago Mendes.

Por outro lado, chegaram ao Morumbi nomes como o volante Petros (Betis), o meia Maicosuel (Atlético-MG), o zagueiro Robert Arboleda (Universidad Católica do Equador) e o meia Jonathan Gómez, (Independiente Santa Fe, da Colômbia). O clube negocia o empréstimo do volante Matheus Jesus, que acertou com o Estoril, de Portugal, nesta semana.


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina