Futebol

Futebol

Erik diz ter sido premiado no Palmeiras por paciência e recusa a propostas


Erik diz ter sido premiado no Palmeiras por paciência
Foto: Divulgação

O atacante Erik, do Palmeiras, viveu nesta segunda-feira um dia que há tempos aguardava. Titular na vitória sobre a Ponte Preta por 2 a 1, pelo Campeonato Brasileiro, o jogador deu assistência para o gol da vitória, marcado por Guerra, e se disse feliz por ter sido recompensado por uma virtude principal. A paciência lhe fez aguardar a oportunidade de ser titular e recusar propostas de outras equipes.

Erik tem nove partidas oficiais pelo Palmeiras no ano. A escalação dele em Campinas como titular foi uma surpresa. "Quando se é jovem, você quer ganhar o mundo em um dia só. Mas é completamente diferente. Você precisa ter paciência, trabalhar forte todos os dias. Eu nunca fiquei triste aqui, sempre procurei continuar alegre e treinar forte", disse o atacante de 22 anos em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

Antes de atuar contra a Ponte Preta, Erik precisou recusar propostas de outras equipes. "Teve muitas conversas, mas não deixei chegar até mim. Tem pessoas que cuidam disso para mim fora do campo. Tenho mais três anos e meio de contrato e quero sempre estar jogando. Nunca estive triste aqui no Palmeiras, porque o clube sempre me deu estrutura para trabalhar", contou o atacante ex-Goiás.

O jogador afirmou que o técnico Cuca, por confiar no seu desempenho, lhe deu respaldo no time e reconheceu a boa semana de trabalho antes da partida com a Ponte Preta. Em um jogo-treino na quinta-feira, contra o São Caetano, Erik se destacou e marcou os três gols palmeirenses no encontro.

O elenco se reapresentou nesta segunda-feira, na Academia de Futebol, sem ir a campo. Os jogadores ficaram apenas na área interna, para trabalhos regenerativos. Na terça à tarde o técnico Cuca define o time titular que enfrenta o Cruzeiro, na quarta-feira, pela Copa do Brasil, no Allianz Parque. A primeira hora do trabalho será fechada.


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina