Futebol

Futebol

Fluminense goleia Universidad Católica-EQU e fica perto de vaga na Sul-Americana


Fluminense goleia Universidad Católica-EQU e fica perto de vaga
Foto: Página Oficial do clube

Com belos gols e uma atuação convincente, o Fluminense goleou a Universidad Católica, do Equador, por 4 a 0, nesta quinta-feira, no estádio do Maracanã, no Rio, pela rodada de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana e ficou mais perto da classificação às oitavas de final. Os grandes destaques foram o centroavante Henrique Dourado, autor de dois gols, e o volante Wendel, que marcou um golaço em um chute de fora da área.

O resultado permite ao Fluminense jogar com uma grande vantagem na partida de volta, marcada para o dia 26 de julho, no estádio Olímpico Atahualpa, nos 2.850 metros de altitude da cidade de Quito, a capital equatoriana. Pode perder por até três gols de diferença ou por quatro, desde que marque ao menos um, para avançar e encarar nas oitavas de final o vencedor do duelo entre Bolívar, da Bolívia, e LDU, outra equipe do Equador.

Em campo, o jogo começou morno por causa da marcação feita pela Universidad Católica-EQU e pela pouca movimentação do setor ofensivo do Fluminense. Só depois dos 20 minutos que o time carioca resolveu jogar e passou a pressionar a saída de bola equatoriana. O resultado disso foram erros da defesa da equipe visitante e chance atrás de chance para os donos da casa.

Depois de Gustavo Scarpa e Henrique Dourado perderem boas chances, o Fluminense literalmente "abriu a porteira" aos 26 minutos. Depois de um bate-rebate na área, a bola sobrou para o centroavante tricolor marcar o primeiro gol. E, aos 28, já saiu o segundo com Richarlison, que aproveitou um cruzamento rasteiro de Henrique Dourado.

A vantagem obtida não diminuiu o apetite do Fluminense, que seguiu atacando e foi premiado ainda antes do intervalo. Aos 44 minutos, a bola bateu no braço de Wilmer Godoy dentro da área e o árbitro colombiano Gustavo Murillo marcou o pênalti. Henrique Dourado chutou com perfeição e anotou o terceiro gol tricolor, o seu segundo no jogo.

Para o segundo tempo, o Universidad Católica voltou com outro goleiro. Só que o reserva Mosquera sofreu do mesmo jeito que o titular Hernán Galíndez. Logo aos dois minutos, Henrique Dourado apareceu livre na sua frente e por pouco fez o quarto gol. Pouco depois, aos nove, não teve o que fazer em um chute perfeito, com força e direção, de Wendel, que bateu na divisória da trave esquerda com o travessão e entrou no ângulo.

Disposto a não dar qualquer chance ao azar, o Fluminense seguiu atacando. Levou alguns sustos em sua defesa, mas criou boas chances para marcar mais gols, como em um chute de Wellington Silva e uma cabeçada do zagueiro Henrique. Ficou nos 4 a 0 mesmo, levando uma grande vantagem para definir a vaga em Quito.

NA ARGENTINA - No caminho de um possível encontro com o Corinthians nas oitavas de final, Racing e Independiente Medellín, da Colômbia, se enfrentaram nesta quinta-feira no estádio Presidente Perón, em Buenos Aires. O time argentino venceu por 3 a 1 e obteve boa vantagem para o duelo da volta, marcado para o dia 27 de julho, no estádio Atanásio Girardot, em Medellín.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 4 x 0 UNIVERSIDAD CATÓLICA-EQU

FLUMINENSE - Júlio César; Lucas, Reginaldo, Henrique e Léo (Wellington Silva); Orejuela, Wendel (Luquinhas), Gustavo Scarpa e Marquinhos Calazans; Richarlison e Henrique Dourado (Pedro). Técnico: Abel Braga.

UNIVERSIDAD CATÓLICA-EQU - Hernán Galíndez (Mosquera); Andrés López, César Obando, Franklin Carabalí e Gustavo Cortez; Wilmer Godoy, Gil Romero, Jordi Caicedo (Facundo Martínez), Matías Defederico e Patta (Preciado); Jhon Cifuente. Técnico: Jorge Célico.

GOLS - Henrique Dourado, aos 26 e aos 44 (pênalti), e Richarlison, aos 28 minutos do primeiro tempo; Wendel, aos 9 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Léo (Fluminense); Facundo Martínez, Franklin Carabalí e Gil Romero (Universidad Católica-EQU).

ÁRBITRO - Gustavo Murillo (Fifa/Colômbia).

RENDA - R$ 445.715,00.

PÚBLICO - 12.997 pagantes (14.373 no total).

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina