Futebol

Futebol

Grêmio bate o Coritiba e segue na cola do líder Corinthians; 'final' será domingo


Grêmio bate o Coritiba e segue na cola do líder
Foto: Site Oficial Coritiba

O Campeonato Brasileiro, após nove rodadas, parece ser apenas de Corinthians e Grêmio. Nesta quinta-feira, pouco depois de o time paulista derrotar o Bahia por 3 a 0, em São Paulo, e se manter na liderança com 23 pontos, a equipe gaúcha não bobeou em casa e bateu o Coritiba por 2 a 0, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, para seguir na cola, em segundo lugar, com 22. Neste domingo, às 16 horas, ainda pela 10.ª rodada, os dois rivais se enfrentam em uma "final antecipada".

O duelo, que pode ser decisivo em uma competição por pontos corridos, será novamente em Porto Alegre, onde o Grêmio se mantém com 100% de aproveitamento (quatro vitórias) e sem levar gols neste Brasileirão. Vai enfrentar o único invicto até o momento, que tem a melhor defesa (cinco gols sofridos) e já ganhou 10 de 12 pontos disputados como visitante.

O Coritiba, que buscava se aproximar dos primeiros colocados, perdeu pela segunda vez no campeonato e permaneceu com 15 pontos, agora na quinta colocação. Foi ultrapassado nesta rodada por Santos, terceiro com 16, e Botafogo, quarto também com 15, mas melhor saldo de gols (4 a 3). Agora tentará a recuperação contra o Cruzeiro, neste domingo, às 16 horas, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

Em campo, o jogo prometia bastante equilíbrio com muita marcação no meio de campo. Para passar pela melhor defesa do Brasileirão até então, o Grêmio precisaria de toques rápidos e habilidade de seus atacantes. E foi isso o que aconteceu logo aos nove minutos, quando Pedro Rocha abriu o placar em um chute forte no ângulo do gol de Wilson após boa jogada pelo meio de Luan.

A vantagem no placar permitiu ao Grêmio ter mais tranquilidade para tocar a bola. Criou algumas chances, mas também levou alguns sustos como em chutes de Alan Santos e Matheus Galdezani, que pararam nas mãos do goleiro Marcelo Grohe. Pouco antes do intervalo, o time gaúcho quase ampliou com o paraguaio Lucas Barrios, que ficou cara a cara com Wilson, mas bateu em cima do goleiro.

No segundo tempo, o Coritiba manteve a forte marcação e partiu com mais intensidade ao ataque. Aos 12 minutos, quase empatou. William Matheus recebeu na entrada da área e tocou na esquerda para Henrique Almeida. O atacante invadiu a área e chutou forte, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

O Grêmio não se abalou e manteve a postura ofensiva. Em um rápido contra-ataque aos 21 minutos, Fernandinho invadiu a área e deu um toquinho na bola, mas Wilson deu um leve tapa na bola, salvando mais uma vez o Coritiba. Aos 37, Luan invadiu mais uma vez a área e foi driblando a zaga até a conclusão para a boa defesa do goleiro paranaense.

Pouco depois, aos 39 minutos, o Grêmio "matou" o jogo. Após roubar a bola no meio de campo, Fernandinho tocou para Luan e correu para o lado esquerdo para receber de volta. Entrou na área e finalizou com força de canhota. Wilson não teve como fazer a defesa e, assim, o Grêmio, definiu o placar.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 2 x 0 CORITIBA

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Rafael Thyere e Cortez; Michel, Arthur (Maicon), Fernandinho, Luan e Pedro Rocha (Lincoln); Lucas Barrios (Everton). Técnico: Renato Gaúcho.

CORITIBA - Wilson; Dodô (Léo), Werley, Márcio e William Matheus; Jonas (Iago), Alan Santos (Tiago Real) e Matheus Galdezani; Henrique Almeida, Alecsandro e Rildo. Técnico: Pachequinho.

GOLS - Pedro Rocha, aos 9 minutos do primeiro tempo; Fernandinho, aos 39 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Pedro Geromel e Edilson (Grêmio).

ÁRBITRO - Péricles Bassols Pegado Cortez (PE).

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 21.095 pagantes.

LOCAL - Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS).


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina