Futebol

Futebol

Nenê marca de falta e Vasco derrota o Atlético-GO em São Januário


Nenê marca de falta e Vasco derrota o Atlético-GO em São Januário

Mesmo sem empolgar, o Vasco venceu o Atlético Goianiense neste domingo, por 1 a 0, graças a um gol de falta de Nenê ainda no primeiro tempo. Mas foi o suficiente para alegrar os mais de 20 mil torcedores que lotaram o estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, em duelo válido pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

Com a vitória, a equipe carioca chegou a 15 pontos e assumiu provisoriamente a quarta colocação. Já o Atlético, com três derrotas consecutivas, segue na zona do rebaixamento. O time goiano tem apenas seis pontos em dez jogos e está na frente apenas do Avaí.

Com dificuldade para penetrar na defesa do Atlético Goianiense no início do jogo, o Vasco conseguiu abrir o placar graças à qualidade de Nenê. O meia cobrou falta com maestria, aos 27 minutos, sem dar qualquer chance de defesa para Felipe Garcia.

Sem conseguir criar jogadas de perigo, o Vasco tentava ampliar em falhas individuais do adversário. Aos 40 minutos, Yago Pikachu apertou Felipe Garcia e tomou a bola do goleiro, mas não conseguiu servir Luis Fabiano.

Na segunda etapa, o Atlético-GO melhorou e passou a ser mais presente no campo de ataque. Recuado, o Vasco teve de se segurar para evitar o empate do adversário, que abusava das bolas levantadas. Com uma defesa alta formada por Paulão e Breno, os cariocas sempre levavam vantagem nos cruzamentos. Também reclamaram de um pênalti sobre Nenê, não marcado pela arbitragem.

Mesmo com as entradas de Wagner, Thalles e Escudero, a equipe de Milton Mendes não conseguiu crescer de produtividade. A torcida ainda se irritou com a saída de Nenê, aos 42 minutos, para a entrada do meia argentino.

O Atlético-GO volta a campo no próximo sábado, quando recebe o Santos, no Estádio Olímpico de Goiânia, pela 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro. E, no domingo, o Vasco encara o Coritiba, no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

FICHA TÉCNICA:

VASCO 1 X 0 ATLÉTICO-GO

VASCO - Martín Silva; Gilberto, Breno, Paulão e Henrique; Jean, Douglas, Mateus Vidal, Yago Pikachu (Wagner) e Nenê (Escudero); Luis Fabiano (Thalles). Técnico: Milton Mendes.

ATLÉTICO-GO - Felipe Garcia; André Castro (Eduardo), Eduardo Gabriel, Roger Carvalho e Breno Lopes; Marcão Silva, Silva (Walterson), Andrigo (Diego Rosa) e Jorginho; Luis Fernando e Everaldo. Técnico: Doriva.

GOL - Nenê, aos 27 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Dyorgines José Padovani de Andrade (ES).

CARTÕES AMARELOS - Douglas e Luis Fabiano (Vasco).

RENDA - R$ 646.845,00.

PÚBLICO 19.380 pagantes (20.658 total).

LOCAL Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina