Futebol

Futebol

No Paraná, Sport faz 3 a 0 no Coritiba e sobe para o sexto lugar no Brasileirão


Sport faz 3 a 0 no Coritiba e sobe para o sexto lugar no Brasileirão
Foto: Raphael Brauhardt/Coritiba F.C

O trabalho do técnico Vanderlei Luxemburgo, contratado há pouco mais de um mês, começa a dar resultado no Sport. Nesta segunda-feira, com autoridade, o time pernambucano não se importou em jogar fora de casa e sem o seu melhor jogador - o meia Diego Souza, em meio às especulações de sua saída para o Palmeiras, nem viajou - e derrotou o Coritiba por 3 a 0, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, pelo encerramento da 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A vitória no Paraná levou o Sport para os 18 pontos, na sexta colocação da tabela de classificação - dentro do G6, a zona de classificação à próxima edição da Copa Libertadores. Além do Brasileirão, o clube pernambucano recentemente conquistou o título do Estadual (apesar dele não estar homologado por decisão da Justiça) e venceu o duelo de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana contra o Arsenal, da Argentina.

O Coritiba, por outro lado, está caindo de produção e o reflexo disso é a insatisfação de sua torcida. Ainda durante o jogo, e depois dele, o técnico Pachequinho foi o alvo de inúmeros xingamentos e pedidos para deixar o cargo. Com 16 pontos, o time paranaense despencou para a 12.ª colocação.

No meio de semana, as duas equipes jogarão na quinta-feira pela 13.ª rodada. O Coritiba estará em Florianópolis para enfrentar o Avaí, às 21 horas, no estádio da Ressacada. Um pouco mais cedo, às 19h30, o Sport jogará no Recife contra a Chapecoense. Para preservar o gramado do estádio da Ilha do Retiro, castigado com as chuvas nesta época do ano, o duelo será na Arena Pernambuco.

Em campo, o jogo começou em ritmo frenético. Os dois times procuraram o ataque e criaram boas chances; só não marcaram porque os goleiros Wilson, do Coritiba, e Magrão, do Sport, não deixaram. Mas, aos 17 minutos, o arqueiro do time paranaense não teve como segurar a boa jogada dos pernambucanos pela esquerda. O lateral-esquerdo chileno Mena, atuando como volante nesta segunda-feira, apareceu livre na área e tocou com categoria no ângulo esquerdo para abrir o placar.

Mesmo em vantagem, o Sport não abdicou de atacar. E conseguiu segurar o Coritiba até o intervalo. No segundo tempo, Vanderlei Luxemburgo adotou uma postura diferente ao recuar o time e esperar algum contra-ataque. Os donos da casa tentaram de todas as maneiras chegar ao empate, mas Magrão estava em uma noite inspirada.

Nos últimos 15 minutos, o dedo do técnico do Sport apareceu. Aos 34, Vanderlei Luxemburgo colocou Rogério no lugar de Osvaldo e o atacante marcou o segundo gol dos pernambucanos cinco minutos depois. O Coritiba se perdeu em campo, o lateral-esquerdo William Matheus se perdeu ao ser expulso em uma falta violenta e o zagueiro Walisson Maia mostrou estar perdido em uma jogada pela direita do Sport. Rithely cruzou rasteiro e o defensor desviou contra a sua própria meta.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 0 x 3 SPORT

CORITIBA - Wilson; Rodrigo Ramos, Walisson Maia, Márcio e William Matheus; Anderson (Alecsandro), Matheus Galdezani (Edinho) e Tiago Real (Tomas Bastos); Rildo, Henrique Almeida e Kleber. Técnico: Pachequinho.

SPORT - Magrão; Samuel Xavier, Henríquez, Ronaldo Alves e Sander; Patrick (Rodrigo), Rithely, Everton Felipe (Thalysson) e Mena; Osvaldo (Rogério) e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

GOLS - Mena, aos 17 minutos do primeiro tempo; Rogério, aos 39, e Walisson Maia (contra), aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Edinho e Alecsandro (Coritiba); Mena e Everton Felipe (Sport).

CARTÃO VERMELHO - William Matheus (Coritiba).

ÁRBITRO - Jailson Macedo Freitas (BA).

RENDA - R$ 216.740,00.

PÚBLICO - 13.388 pagantes (14.084 no total).

LOCAL - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina