“Nosso foco é a Libertadores e temos totais condições de atingir esse objetivo”, diz Nikão

Redação Tarobá News
Futebol | Publicado em 30/10/2017 às 23:45

Foto: Fabio Wosniak - Atlético-PR

O Atlético-PR empatou em 0 a 0 com a Chapecoense em casa, neste sábado (28), em um jogo marcado pela postura extremamente defensiva do adversário. Para o meia Nikão, o Furacão criou oportunidades para sair com a vitória e merecia um resultado melhor.

“Hoje foi um jogo de um time só. O tempo todo mandamos no jogo, criamos as oportunidades. No final, cansamos um pouco, mas mesmo assim eles não conseguiram chegar com perigo nenhuma vez”, disse o camisa 11, em entrevista coletiva após a partida.

Segundo Nikão, a equipe tem condições de conquistar três pontos fora de casa na próxima rodada. “Tivemos as chances de abrir o placar, mas infelizmente a bola não entrou. Temos que manter a cabeça erguida, porque que fizemos um bom jogo, e nos preparar para enfrentar o Cruzeiro (no próximo domingo (5), em Belo Horizonte)”, avaliou.

O meia atleticano está convicto de que o time tem condições de buscar um lugar entre os classificados para a Copa Libertadores de 2018. “Não tenho dúvidas. Estou aqui há três anos e acredito muito nessa equipe. Nosso foco é a Libertadores e temos totais condições de atingir esse objetivo”, concluiu.


Fonte: Paraná Portal





Relacionados

Futebol | 21-06-2018 12:00

Contratado pelo Manchester United, Fred diz que jogará no 'maior clube do mundo'

Contratado pelo Manchester United, Fred diz que jogará no 'maior clube do mundo'

Futebol | 21-06-2018 11:05

Com auxílio do VAR, Austrália busca empate com a Dinamarca e segue viva na Copa

Com auxílio do VAR, Austrália busca empate com a Dinamarca e segue viva na Copa

Futebol | 21-06-2018 10:35

Tite admite 'caráter decisivo' de jogo com a Costa Rica e exalta apoio da torcida

Tite admite 'caráter decisivo' de jogo com a Costa Rica e exalta apoio da torcida

Futebol | 21-06-2018 09:25

Chicharito pede para torcida do México parar com gritos homofóbicos

Chicharito pede para torcida do México parar com gritos homofóbicos

PUBLICIDADE