Futebol

Futebol

Perto de 100 gols, Damião diz que enquanto Inter não subir, não tem o que comemorar


Damião diz que enquanto Inter não subir, não tem o que comemorar
Foto Ricardo Duarte/SCI/Fotos Públicas

Autor de dois gols contra o Paysandu, na vitória colorada por 3 a 2, resultado que garantiu ao Inter a liderança da Série B, o centroavante Leandro Damião parece estar reencontrando o futebol que o fez um grande artilheiro na sua primeira passagem pelo Colorado. Ao deixar o gramado do Beira-Rio, foi ovacionado. No final do jogo, disse que a decisão de retornar (atacante estava no Flamengo) foi de "coração". "Claro, eu sabia, vinha acompanhando o time que tinha um grupo bom e um grande treinador. Ajudar o Inter é o melhor para mim", declarou.

Aliás, ele está perto de alcançar uma marca importante com a camisa colorada: 100 gols. Porém, demonstrando serenidade, destacou que isso não é o mais importante neste momento. "Eu até espero chegar aos 100 gols, mas o objetivo é ajudar o time a conseguir o acesso à Série A".

Sobre a sequência de vitórias - seis - e a liderança, Damião frisou que ainda não tem nada a ser comemorado. "Enquanto a gente não subir, não tem como relaxar e não tem nada para comemorar".

O centroavante colorado disse que os resultados positivos são fruto de muito trabalho, muita dedicação. Ele elogiou a forma compacta com que a equipe vem atuando. "O Guto vem trabalhando forte conosco diariamente e as vitórias são resultado disto, do esforço de cada um".

Fonte: Correio do Povo 


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina