Futebol

Futebol

Portugal goleia Nova Zelândia, garante liderança do Grupo A e avança à semifinal


Portugal goleia Nova Zelândia, garante liderança do Grupo A

Com tranquilidade, a seleção portuguesa goleou a Nova Zelândia por 4 a 0 neste sábado, em São Petersburgo, garantiu a liderança do Grupo A e uma vaga para as semifinais da Copa das Confederações. O outro classificado na chave foi o México, que venceu a anfitriã Rússia por 2 a 1, de virada.

As duas equipes chegaram a sete pontos na tabela de classificação. Mas Portugal terminou com vantagem no saldo de gols (5 a 2) em relação aos mexicanos. Agora, esperam pela definição do Grupo B para conhecerem os adversários na próxima fase.

Neste domingo, às 12 horas (de Brasília), a Alemanha enfrentará Camarões e o Chile jogará contra a Austrália. Alemanha e Chile dividem a ponta da tabela com quatro pontos e avançam às semifinais com um empate.

O duelo em São Petersburgo neste sábado contou com o recorde de público na competição. Foram 56.290 espectadores, quase a capacidade máxima, já que na Copa da Confederação são disponibilizados 57 mil ingressos por partida no Estádio Krestovsky. E os torcedores puderam acompanhar de perto mais uma ótima atuação do astro Cristiano Ronaldo.

O craque do Real Madrid teve duas excelentes oportunidades de abrir o placar logo no início. Na primeira, cabeceou e a bola saiu com muito perigo. Na outra, novamente de cabeça, acertou o travessão do goleiro Marinovic.

O gol não demorou a sair. De tanto pressionar, aos 33 minutos, Portugal conseguiu tirar o zero do placar. Após cruzamento na área, Danilo foi puxado por Doyle. O árbitro viu e assinalou pênalti. Cristiano Ronaldo cobrou no canto esquerdo do goleiro, que caiu para o lado direito.

A Nova Zelândia não esboçava reação e levou o segundo quatro minutos mais tarde. Quaresma deu ótimo passe para Eliseu na esquerda. O lateral avançou até a linha de fundo e rolou no meio da área para Bernardo Silva, que desviou para as redes. O camisa 10 nem conseguiu comemorar o gol. Na jogada, ele dividiu com o zagueiro e torceu o tornozelo. Precisou deixar o jogo para a entrada de Pizzi.

No segundo tempo, a Nova Zelândia criou uma chance logo aos 12 minutos em desvio de Wood, que Bruno Alves salvou. Mas Portugal seguia melhor e Cristiano Ronaldo teve nova chance de cabeça, que Marinovic espalmou no susto.

O terceiro gol saiu aos 35. Quaresma roubou a bola e tocou na frente para André Silva. O centroavante fez bela jogada, se livrou da marcação de Smith e bateu cruzado. A goleada foi sacramentada no último minuto. Nani, que havia substituído Cristiano Ronaldo, recebeu na entrada da área, com uma pedalada se livrou da marcação e mandou para as redes: 4 a 0 e a primeira vitória na competição por uma vantagem de mais de dois gols.

FICHA TÉCNICA:

NOVA ZELÂNDIA 0 x 4 PORTUGAL

NOVA ZELÂNDIA - Marinovic; Boxall, Durante (Smeltz) e Smith; Ingham, McGlinchey (Tuiloma), Ryan Thomas, Marco Rojas e Doyle; Lewis (Barbarouses) e Wood. Técnico: Anthony Hudson.

PORTUGAL - Rui Patrício; Nelson Semedo, Pepe, Bruno Alves e Eliseu; Danilo Pereira, João Moutinho, Quaresma (Gelson Martins) e Bernardo Silva (Pizzi); André Silva e Cristiano Ronaldo (Nani). Técnico: Fernando Santos.

GOLS - Cristiano Ronaldo, aos 33, e Bernardo Silva, aos 37 minutos do primeiro tempo; André Silva, aos 35, e Nani, aos 45 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Joe Fletcher (Canadá).

CARTÕES AMARELOS - Lewis e Ingham (Nova Zelândia) e Pepe (Portugal).

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 56.290 espectadores.

LOCAL - Estádio Krestovsky, em São Petersburgo (Rússia).


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina