“Sabemos da força do rival em sua casa, mas temos que ganhar”, diz técnico do Lanús

Antonio Mendonça
Futebol | Publicado em 03/11/2017 às 13:40

Jorge Almirón quer vencer o Grêmio dentro da Arena | Foto: Juan Mabromata / AFP / CP Memória

Apesar do Lanús chegar a sua primeira final de Libertadores, o técnico Jorge Almirón pretende mudar a forma da equipe se portar no primeiro jogo da decisão. As derrotas no primeiro compromisso nas fases anteriores ligou o sinal de alerta do time. Otimista após a vitória do Barcelona, de Guayaquil, sobre o Grêmio, na última quarta-feira, o objetivo do treinador é um tanto ousado, vencer o Grêmio na Arena.

“Temos que ganhar a partida. Sabemos que o rival é forte em sua casa. Creio que a equipe se deu conta disso, pois não podemos repetir o que ocorreu contra o San Lorenzo (derrota por 2 a 0) e as dificuldades que passamos contra o River (derrota por 1 a 0). Isso são experiências. Temos jogadores maduros que conversam e buscam melhorar. Precisamos jogar de outra maneira a primeira partida. E temos capacidade para jogar e ganhar. Obviamente, teremos que sentir como será a partida e ir se adaptando, mas precisamos ganhar”, declarou Almirón.

Ele citou a goleada do Grêmio em cima do Barcelona e disse que se algo assim ocorrer, a reversão fica bastante complicada. Por isso, reforçou o discurso de jogar para vencer o Tricolor dentro da Arena.

Tirando o resultado contra os equatorianos, quando os comandados de Renato Portaluppi haviam vencido por 3 a 0, em Guayaquil, o Grêmio não havia sofrido derrota até então. Nas outras cinco partidas, cinco vitórias, quatro gols sofridos e 14 gols marcados. Porém, a exemplo do Tricolor, o Lanús foca no fim de semana no campeonato nacional e também com o time reserva.

Décimo colocado no campeonato Argentino, com 12 pontos, o Lanús vem de derrota e precisa de recuperação. O compromisso no final de semana é no estádio La Fortaleza, contra o Olimpo, às 15h05min. O líder é o Boca Juniors com 21.

“Temos que entender que perdemos para o River na semana passada e sofremos um 4 a 0 do Huracán. Como jogadores e como treinadores, nos incomoda. Temos que nos recuperar, dar a seriedade necessária e não subestimar ninguém. Estamos preparados para o que vier. Só penso no Olimpo, depois o tempo dirá como se acomodará tudo”, revelou o treinador.

Os jogos da final da Libertadores com o Grêmio estão marcados para dia 22 de novembro, na Arena, e dia 29, em La Fortaleza. Os horários ainda não foram confirmados.

FOnte: Correio do Povo 



Relacionados

Futebol | 30-11-2018 15:40

Com dores no ombro, Vladimir é descartado e deixa Santos com dez desfalques

Com dores no ombro, Vladimir é descartado e deixa Santos com dez desfalques

Futebol | 30-11-2018 15:40

Interino quer recuperar lado psicológico do Flu e avisa: 'Não dá para inventar'

Interino quer recuperar lado psicológico do Flu e avisa: 'Não dá para inventar'

Futebol | 30-11-2018 15:35

Auxiliar confirma Cruzeiro com time reserva na rodada final do Brasileirão

Auxiliar confirma Cruzeiro com time reserva na rodada final do Brasileirão

Futebol | 30-11-2018 14:45

Palmeiras anuncia a contratação do atacante Arthur, destaque do Ceará

Palmeiras anuncia a contratação do atacante Arthur, destaque do Ceará