São Paulo consegue antecipar jogo contra Atlético-GO e terá o meia peruano Cueva

Estadão Conteúdo
Futebol | Publicado em 23/10/2017 às 17:10

Foto: Divulgação

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou nesta segunda-feira uma alteração na data do confronto entre Atlético Goianiense e São Paulo, em Goiânia, pela 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo, que estava marcado para o dia 6 de novembro, uma segunda, vai acontecer dois dias antes, ainda sem lugar definido.

O pedido de mudança foi feito pelo São Paulo por conta da convocação do meia Cueva para a repescagem das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, que vai defender o Peru contra a Nova Zelândia e terá que se apresentar ao time nacional no dia 6.

O jogador é considerado peça-chave para o time do técnico Dorival Junior, que luta para se afastar de vez da zona de rebaixamento. Por causa dos jogos contra os neozelandeses, Cueva não estará à disposição do São Paulo para as partidas da 33.ª à 35.ª rodadas - contra Chapecoense (dia 9 de novembro), Vasco (12) e Grêmio (15).

A ausência do peruano nestas partidas deve intensificar a busca por espaço no time de Dorival Junior. Lucas Fernandes, que perdeu espaço por render menos que os esperado em partidas recentes, deve lutar pela vaga junto com Thomaz, Shaylon e Maicosuel. O volante Jucilei, que voltou a ser titular no último jogo do São Paulo, também quer espaço.



Relacionados

Futebol | 19-04-2018 20:50

Julio Cesar descarta renovar com o Flamengo e confirma adeus: 'Caiu a ficha'

Julio Cesar descarta renovar com o Flamengo e confirma adeus: 'Caiu a ficha'

Futebol | 19-04-2018 18:50

Málaga perde fora de casa e é rebaixado no Espanhol

Málaga perde fora de casa e é rebaixado no Espanhol

Futebol | 19-04-2018 18:50

Brasil bate Argentina e fica a um empate do título na Copa América Feminina

Brasil bate Argentina e fica a um empate do título na Copa América Feminina

Futebol | 19-04-2018 18:25

Renato diz que não pediu aumento ao Grêmio para rejeitar 'sonho' de treinar o Fla

Renato diz que não pediu aumento ao Grêmio para rejeitar 'sonho' de treinar o Fla