Secretaria da Saúde autoriza que clubes paranaenses retornem aos treinamentos

Redação Tarobá News
Futebol | Publicado em 25/05/2020 às 15:38

Foto: Divulgação/Coritiba

A Secretaria Estadual da Saúde autorizou nessa segunda-feira (dia 25) o retorno dos treinos presenciais no futebol paranaense. Os clubes terão que seguir protocolos com recomendações para evitar o contágio do coronavírus.

O pedido aprovado pela Secretaria Estadual da Saúde é para realização de treinos físicos. Só nas próximas semanas os clubes vão tentar a liberação para treinamentos com bola. Por último, a liberação para o reinício dos campeonatos.

A projeção inicial dos clubes e da Federação Paranaense de Futebol é de que o campeonato estadual retorne na metade de junho. No entanto, tudo depende do cenário da pandemia no Paraná.

As competições estão paradas desde 13 de março, quando foi realizada a última rodada da primeira fase do Campeonato Paranaense. Com a paralisação por causa do coronavírus, os jogadores ficaram apenas em treinamentos individuais, em casa, orientados por profissionais dos clubes.

Na semana passada, o Coritiba fez exames em todos os jogadores e voltou aos treinos físicos no CT da Graciosa.

TESTAGEM DOS JOGADORES
Para a realização dos treinamentos, o protocolo tem as seguintes normas:

- Na chega ao treinamento, o jogador terá que responder um questionário sobre sintomas e terá medida a temperatura corporal.

Com informações: Bem Paraná



Relacionados

Londrina | 08-07-2020 13:30

Londrina volta aos treinos presenciais na segunda-feira

Londrina volta aos treinos presenciais na segunda-feira

Londrina | 08-07-2020 12:03

Gramado do VGD passa por revitalização neste período sem jogos e treinos

Gramado do VGD passa por revitalização neste período sem jogos e treinos

Futebol | 06-07-2020 16:55

Tiago Nunes faz testes no Corinthians em treino coletivo

Tiago Nunes faz testes no Corinthians em treino coletivo

Futebol | 06-07-2020 14:55

Fla revela receita de R$ 1 mi com transmissão e promete reembolso após falhas

Fla revela receita de R$ 1 mi com transmissão e promete reembolso após falhas