Amanda Nunes nocauteia Cyborg e vira 1ª mulher campeã de duas categorias no UFC

Estadão Conteúdo
Luta | Publicado em 30/12/2018 às 08:30

Sean M. Haffey / AFP Amanda

Amanda Nunes entrou no octógono do The Forum, em Los Angeles, na Califórnia, para fazer história na madrugada deste sábado para domingo (no horário de Brasília), no UFC 232. A brasileira quebrou a invencibilidade de 13 anos da compatriota Cris Cyborg e se tornou a primeira mulher campeã de duas categorias no UFC.

Para quem pensava que Cyborg era invencível, Amanda mostrou que está no auge de sua carreira e precisou de menos de um minuto para nocautear sua adversária. A "Leoa", que já tinha o cinturão dos galos, conquistou o título dos penas e passou a ostentar dois cinturões da principal organização de MMA do mundo. "Meu técnico sempre disse, fique calma, que quando sua mão direita entrar, ela vai para o chão", afirmou a lutadora após o combate.

"Sou a primeira mulher a ser campeã de duas categorias do UFC. Eu sou a melhor. Dana White, agora eu quero ir para o Hall da Fama!", completou Amanda, que agora apresenta um cartel de 17 vitórias e apenas quatro derrotas no MMA.

A luta foi disputada em ritmo frenético, com troca franca de socos. Amanda acertou dois golpes que derrubaram Cyborg. A curitibana ainda se levantou, mas levou nova sequência de socos definiu o triunfo de Amanda. Foi o oitavo triunfo consecutivo da baiana, detentora do cinturão do peso galo do UFC desde julho de 2016.

Com a vitória em uma luta considerada a mais importante para a história do MMA feminino, Amanda espanta todas as dúvidas sobre o seu potencial dentro da maior organização da modalidade e conquista o posto de melhor lutadora da atualidade.

Comparada aos lutadores da categoria masculina, Amanda entre para o seleto grupo das estrelas Conor McGregor e Daniel Cormier, que conquistaram dois títulos simultâneos no UFC.

CONFIRA TODOS OS RESULTADOS DO UFC 232:

CARD PRINCIPAL

Peso meio pesado: Jon Jones venceu Alexander Gustafsson por nocaute no terceiro round

Peso pena: Amanda Nunes venceu Cris Cyborg por nocaute no primeiro round

Peso meio médio: Michael Chiesa derrotou Carlos Condit por finalização no segundo round

Peso meio pesado: Corey Anderson venceu Ilir Latifi por decisão unânime dos juízes

Peso pena: Alex Volkanovski derrota Chad Mendes por nocaute técnico no segundo round

CARD PRELIMINAR

Peso pesado: Walt Harris derrotou Andrei Arlovski por decisão dividida dos juízes

Peso pena: Megan Anderson venceu Cat Zingano por nocaute técnico no primeiro round

Peso galo: Petr Yan derrotou Douglas D'Silva por nocaute técnico

Peso leve: Ryan Hall venceu B.J. Penn por finalização no primeiro round

Peso galo: Nathaniel Wood venceu Andre Ewell por finalização no terceiro round

Peso médio: Uriah Hall venceu Bevon Lewis por nocaute no terceiro round

Peso meio médio: Siyar Bahadurzada venceu Curtis Millender por decisão unânime dos juízes

Peso galo: Montel Jackson derrotou Brian Kelleher por finalização no primeiro round



Relacionados

Luta | 13-03-2020 01:50

Brasil terá três atletas do taekwondo nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Brasil terá três atletas do taekwondo nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Luta | 12-03-2020 06:35

Esquiva Falcão coloca medalha de prata olímpica à venda por R$ 234 mil

Esquiva Falcão coloca medalha de prata olímpica à venda por R$ 234 mil

Luta | 01-03-2020 10:00

Esquiva Falcão nocauteia argentino e pede chance de disputar título do CMB

Esquiva Falcão nocauteia argentino e pede chance de disputar título do CMB

Luta | 21-02-2020 13:45

Judoca Daniel Cargnin fica em 7º no Grand Slam de Düsseldorf

Judoca Daniel Cargnin fica em 7º no Grand Slam de Düsseldorf