Lutadores beltronenses buscam apoio para competir no Mundial

Redação Tarobá News
Luta | Publicado em 26/07/2019 às 09:34

O jiu-jitsu não foi a primeira arte marcial praticada pelo beltronense Luis Eduardo Marchetti Schmidt, o Tyza, mas está ganhando cada vez mais espaço nos treinos e nos sonhos do lutador. O mais recente objetivo é disputar o Campeonato Mundial Master de Jiu-Jitsu, que acontecerá de 21 a 24 de agosto, em Las Vegas (EUA).

E nesta aventura ele terá também a companhia de outra sonhadora: Joceli Duarte, da Gracie Barra Francisco Beltrão. “A Jô tinha comentado um tempo atrás que tinha o sonho de lutar o europeu, aí falei ‘vamos lutar o Mundial em Las Vegas’, ela já se animou, começou a correr atrás, mas eu não sabia nem como fazia o passaporte. Falei com o Gui, da CVC, e ele fez tudo. Nós decidimos nos últimos 45 dias, para viajar agora dia 17 de agosto, e correu tudo certo, agora a gente tem que juntar grana”.

Para tornar tudo isso realidade, Tyza tem promovido eventos e buscado patrocinadores para custear os cerca de R$ 9 mil da viagem cada um — incluindo passagens aéreas, hospedagem e alimentação. “Tenho dois anos e meio de jiu-jitsu e já competi em alguns eventos internacionais, mas dentro do Brasil mesmo, aí apareceu o Mundial em Las Vegas, falei ‘caraca, que irado que seria disputar’, aí falei com uma galera que me patrocina sempre e todo mundo incentivando”, conta.

Eduardo é funcionário público estadual no Hospital Regional e professor na Elizeu Capoeira MMA School, além disso, treina forte para seguir competindo. “É uma mistura de muitos sonhos se realizando, eu sou grau preto de muay-thai desde 2014, mas lutar agarrado, luta de chão mesmo, tinha brincado uma ou outra vez assim, comecei a treinar com o professor Álvaro Francescon. Depois eu fechei com o mestre Cristiano Marcelo, que é o mesmo mestre do Elizeu Capoeira, e quem puxa treino hoje pra mim é o próprio Elizeu; quando ele não está, a gente puxa treino entre os graduados mesmo.”
Com a dedicação ao esporte, Tyza já alcançou bons resultados. Neste ano, ele conquistou o título mundial de jiu-jitsu máster no-gi (sem quimono) e três medalhas no Curitiba Summer International Open de Jiu-Jitsu: campeão em sua categoria e 3° no absoluto no-gi (sem quimono), além de ser 3° também na categoria com quimono. Em Las Vegas, ele também pretende repetir a boa atuação no Summer International Open.


Jornal de Beltrão



Relacionados

Guarapuava | 04-09-2019 06:55

Armando Crissi conquista três medalhas no Mundial

Armando Crissi conquista três medalhas no Mundial

Luta | 01-09-2019 10:30

Brasil vence a Mongólia e conquista o bronze por equipes do Mundial de Judô

Brasil vence a Mongólia e conquista o bronze por equipes do Mundial de Judô

Luta | 31-08-2019 11:00

Jéssica Andrade é nocauteada em 42s e perde cinturão para chinesa Weili Zhang

Jéssica Andrade é nocauteada em 42s e perde cinturão para chinesa Weili Zhang

Luta | 31-08-2019 10:25

Brasil falha em 4 disputas e fica sem medalhas entre os pesados no Mundial

Brasil falha em 4 disputas e fica sem medalhas entre os pesados no Mundial