Pé Vermelho Rugby analisa adversários do campeonato brasileiro

Redação Tarobá News
Rugby | Publicado em 02/09/2019 às 22:12

Juliana Righetto/PéVermelho Rugby

Depois de conquistar o vice-campeonato paranaense, o elenco do Pé Vermelho Rugby segue a rotina de treinamentos na preparação para a principal competição da temporada. Em setembro, a equipe a londrinense começa a disputa do Super 13, nome oficial da divisão de elite do campeonato brasileiro da modalidade, que é organizada pela Confederação Brasileira de Rugby.

A divisão especial do rugby brasileiro reúne em 2019 os 13 melhores times do país. Na primeira fase, a competição é dividida em duas chaves. O grupo A é formado por sete equipes do Estado de São Paulo. O grupo B tem seis integrantes do Paraná, de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul.

Na chave do Pé Vermelho Rugby, cada equipe vai fazer cinco jogos em turno único. O time londrinense vai disputar duas partidas como mandante, no Aterro do Lago Igapó, e outras três como visitante. A primeira fase tem termino previsto para o mês de outubro.

- Vamos enfrentar adversários de tradição no cenário nacional, porém desconhecidos nossos. Nunca enfrentamos o Desterro (SC) e o Farrapos (RS). Em temporadas anteriores, quando nossa estrutura era inferior, perdemos para as equipes do Charrua (RS) e do Serra (RS). Hoje, nosso elenco é bem mais qualificado e a previsão é de disputarmos ótimos jogos - avalia o técnico do Pé Vermelho, William Heckler.

O outro integrante do Grupo B é um velho conhecido do Pé Vermelho Rugby. O Curitiba já enfrentou o time londrinense duas vezes na atual temporada e venceu os dois desafios, válidos pelo Campeonato Paranaense. A vitória curitibana neste segundo jogo foi por uma diferença pequena e alcançada somente na reta final da partida.

- Nós conhecemos bem o Curitiba. A cada ano nos aproximamos do nível técnico deles e estamos nos enfrentando cada vez mais em patamar de igualdade. Nosso desafio de estreia vai ser na casa deles, mesmo assim vamos em busca de computar a primeira vitória na competição já na primeira rodada - conclui Heckler.

Ao término da primeira fase, os 4 melhores classificados do grupo A avançam para as quartas de final, assim como os três melhores do grupo B, além de um classificado por meio de repescagem, que terá disputa entre o quinto colocado da Chave Sudeste e o quarto da Chave Sul.

O regulamento prevê que o último colocado do Grupo A seja rebaixamento automaticamente. Além disso, o campeão da Taça Tupi, a segunda divisão nacional, não garante o acesso direto, pois precisa disputar um jogo contra o sexto colocado da regional dele, que terá direito a defender a permanência na elite. Se o título da Taça Tupi ficar com uma equipe do Sul, o jogo único é contra o sexto colocado do Grupo B. Se o campeão for de outra região, joga contra o sexto colocado da chave paulista.

Confira abaixo os jogos do Pé Vermelho Rugby na primeira fase do campeonato brasileiro.

Super 13

Primeira fase

07/09 - Curitiba x Pé Vermelho Rugby - em Curitiba

14/09 - Pé Vermelho Rugby x Charrua - em Londrina

28/09 - Farrapos x Pé Vermelho Rugby - em Bento Gonçalves

05/10 - Pé Vermelho Rugby x Serra - em Londrina

12/10 - Desterro x Pé Vermelho Rugby - em Florianópolis


Fonte: Assessoria Pé Vermelho Rugby



Relacionados

Londrina | 29-07-2019 20:35

Pé Vermelho Rugby conquista título no Campeonato Paranaense de Sevens

Pé Vermelho Rugby conquista título no Campeonato Paranaense de Sevens

Londrina | 09-06-2019 18:48

No fechamento do Paranaense, Pé Vermelho Rugby vence Lobo Bravo de maneira impressionante

No fechamento do Paranaense, Pé Vermelho Rugby vence Lobo Bravo de maneira impressionante

Londrina | 26-05-2019 18:37

Pé Vermelho Rugby comemora realização de amistoso com Seleção Brasileira M20

Pé Vermelho Rugby comemora realização de amistoso com Seleção Brasileira M20

Londrina | 24-05-2019 19:51

Pé Vermelho Rugby faz amistoso com a Seleção Brasileira M20 neste sábado

Pé Vermelho Rugby faz amistoso com a Seleção Brasileira M20 neste sábado