Martine e Kahena fecham 1º dia de Mundial em 16º e Scheidt é 40º

Estadão Conteúdo
Surfe | Publicado em 11/02/2020 às 10:40

O primeiro dia de campeonatos mundiais da vela foi ruim para alguns dos principais representantes brasileiros na modalidade. Martine Grael e Kahena Kunze fecharam a terça-feira na 16ª posição na classe 49erFX e Robert Scheidt está em 40º lugar na disputa da Laser.

O Mundial da Laser está sendo disputado em Melbourne, na Austrália. Scheidt competiu no Grupo Vermelho e ficou na 16ª e na 11ª posição nas regatas da terça-feira. Com um total de 27 pontos perdidos, é o 40º colocado na classificação geral. Outro representante brasileiro na competição, Gustavo Nascimento está em 96º.

Com três grupos sendo disputados, o líder do campeonato é o australiano Finn Alexander, com apenas três pontos perdidos, mesma pontuação do vice-líder, o croata Tonci Stipanovic, medalhista de prata na Laser na Olimpíada do Rio. Eles são seguidos pelo alemão Philipp Buhl, com 5 pontos perdidos.

Como ficou em 12º lugar no Mundial de 2019, Scheidt assegurou a classificação para os Jogos de Tóquio, condição que só será perdida se Gustavo Nascimento for ao pódio no campeonato disputado em Melbourne.

Iniciado com um dia de atraso em função do tempo ruim em Geelonng, também na Austrália, na segunda-feira, o Mundial da 49erFX começou nesta terça com desempenho discreto de Martine e Kahena. As brasileiras ficaram em 12º, 4º e 16º lugar nas três regatas do dia.

Com isso, as campeãs olímpicas ocupam a 16ª posição na classificação geral com 32 pontos perdidos. As alemãs Tina Lutz e Lotta Wiemers, com cinco pontos perdidos, estão na liderança. As australianas Tess Loyd e Jaime Ryan e as espanholas Tamara Echegoyen e Paula Barcelo vem logo atrás, ambas com dez pontos perdidos.

Também em Geelong, Marco Grael e Gabriel Borges ocupam o 24º lugar no Mundial da 49er com 29 pontos perdidos. Ele ficaram en quarto, décimo e 15º lugar nas regatas desta terça. Com duas vitórias, os britânicos Dylan Fletcher-Scott e Stuart Bithell lideram o campeonato com quatro pontos perdidos.



Relacionados

Surfe | 23-12-2019 08:10

'Tenho grande chance do ouro no Japão', diz Italo Ferreira após título mundial

'Tenho grande chance do ouro no Japão', diz Italo Ferreira após título mundial

Surfe | 20-12-2019 21:10

Após título mundial, Italo Ferreira agora mira o ouro olímpico

Após título mundial, Italo Ferreira agora mira o ouro olímpico

Surfe | 20-12-2019 00:20

Das 'pranchas' de isopor ao topo do mundo: o sucesso de Italo Ferreira no surfe

Das 'pranchas' de isopor ao topo do mundo: o sucesso de Italo Ferreira no surfe

Surfe | 19-12-2019 23:14

Italo Ferreira desbanca Gabriel Medina e conquista o título mundial de surfe

Italo Ferreira desbanca Gabriel Medina e conquista o título mundial de surfe