Algoz de Nadal, Thiem confirma favoritismo e conquista o ATP 500 de Barcelona

Estadão Conteúdo
Tênis | Publicado em 28/04/2019 às 15:00

Algoz do espanhol Rafael Nadal, por quem passou na semifinal, o tenista austríaco Dominic Thiem confirmou o favoritismo e conquistou o título do ATP 500 de Barcelona, disputado em quadras de saibro na Espanha, ao vencer a final da competição diante do russo Daniil Medvedev por 2 sets a 0, com direito a um "pneu" - com parciais de 6/4 e 6/0.

Diante do domínio de Nadal, que faturou o torneio espanhol 11 vezes, Thiem é apenas o quarto tenista a levantar o troféu nos últimos 15 anos, se juntando ao também espanhol Fernando Verdasco, campeão em 2010, e ao japonês Kei Nishikori, vencedor em 2014 e 2015.

O austríaco é o primeiro tenista de seu país a vencer a competição desde 1996, quando Thomas Muster sagrou-se bicampeão. Thiem soma, agora, 13 títulos em torneios da ATP, nove deles conquistados em quadras de saibro, e iguala o suíço Roger Federer com duas conquistas na atual temporada - além do ATP 500 de Barcelona, venceu também o Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos, em março, ao derrotar justamente Federer na final.

Bem estabelecido como quinto do ranking da ATP, Thiem, com os pontos conquistados, começa a ameaçar Federer, que é o quarto melhor colocado, e o alemão Alexander Zverev, o terceiro. Nadal e o sérvio Novak Djokovic, números 2 e 1 do mundo, respectivamente, estão muito à frente na pontuação. Medvedev ocupa o 14.º posto.

Para vencer, o tenista da Áustria teve de superar um início ruim de jogo, em que cometeu muitos erros não forçados nos primeiros games e acabou tendo o seu saque quebrado e vendo o rival abrir 3/0. Depois da tensão do começo, Thiem se recuperou e, mais solto em quadra, virou o placar e fechou o set em 6/4.

Na segunda parcial, o austríaco dominou completamente o russo. Este, apático, marcou apenas cinco pontos. Thiem conseguiu aplicar um pneu para fechar o jogo e faturar o título na Espanha.

NA HUNGRIA - O ATP 250 de Budapeste, no saibro, também conheceu o seu campeão neste domingo. O italiano Matteo Berretini derrotou o sérvio Filip Krajinovic de virada por 2 sets a 1 - com parciais de 4/6, 6/3 e 6/1 - e levou o seu segundo torneio em nível ATP na carreira.

Berretini, atual número 55 do mundo, deve pular para o 37.º lugar com o título do torneio disputado no saibro húngaro e alcançar a sua melhor marca. Krajinovic, por sua vez, é o 105.º colocado e também deve subir no ranking. Ele buscava o seu primeiro título na ATP.



Relacionados

Tênis | 14-07-2019 15:45

Djokovic bate Federer, leva penta de Wimbledon e iguala feito de Borg

Djokovic bate Federer, leva penta de Wimbledon e iguala feito de Borg

Tênis | 14-07-2019 06:48

Federer e Djokovic colocam os seus recordes à prova em decisão

Federer e Djokovic colocam os seus recordes à prova em decisão

Tênis | 13-07-2019 12:15

Com atuação quase perfeita, Halep bate Serena e é a 1ª romena campeã em Wimbledon

Com atuação quase perfeita, Halep bate Serena e é a 1ª romena campeã em Wimbledon

Tênis | 12-07-2019 07:05

Federer pega Nadal em 40º capítulo da maior rivalidade do tênis

Federer pega Nadal em 40º capítulo da maior rivalidade do tênis