Em Santiago, Thiago Wild celebra 1º título e comparações com Nadal

Estadão Conteúdo
Tênis | Publicado em 02/03/2020 às 00:14

Campeão do Torneio de Santiago, no Chile, o jovem tenista brasileiro Thiago Wild teve seu nome colocado nas estatísticas do esporte ao lado de figuras como Rafael Nadal e Gustavo Kuerten, neste domingo. Aos 19 anos, ele se tornou o mais jovem campeão brasileiro de um torneio de nível ATP, superando Guga, que faturou seu primeiro título aos 20 anos.

Não bastasse este feito, Wild ainda esteve perto de alcançar Nadal, um dos maiores da história, dono de 19 títulos de Grand Slam. O brasileiro é agora o mais jovem a vencer uma competição da gira da América Latina desde o espanhol, campeão em Acapulco em 2005, quando tinha apenas 18 anos.

"Sempre tive o Rafa como um ídolo desde que comecei a jogar tênis com cinco, seis anos. Estou muito feliz com isso", celebrou Wild. O brasileiro ainda se tornou o tenista com menor ranking a faturar um troféu nesta gira. Ele é o atual 182º do mundo, mas dará um salto para o 113º posto na atualização desta segunda-feira.

O primeiro título na elite do tênis mundial veio com uma vitória suada sobre o norueguês Casper Ruud, 38º do ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 7/5, 4/6 e 6/3. "A partida foi muito equilibrada, teve chances para os dois lados. Tive muitas chances no segundo set, dois ou três 0/30 no saque do Casper, não pude converter. Tive que focar para tirar o melhor tênis no terceiro set. Saquei um pouco melhor no terceiro, aproveitei minhas chances e pude sair com a vitória", analisou.

Apesar da felicidade com o título, Wild manteve os pés no chão após a grande conquista. E evitou fazer projeções sobre o seu futuro desempenho em torneios maiores, como os Grand Slams. "Não há muito o que pensar no que vou ser ou no que fiz antes, e sim no que está fazendo no momento, como estou jogando e como quero jogar. Tenho que pensar no trabalho e nada mais."

No entanto, admitiu que o título deve aumentar sua confiança para os próximos torneios, a começar pelo duelo do Brasil com a Austrália, pela Copa Davis, no fim de semana que vem. "Não pensei mais adiante e sim que com essa semana eu ganho confiança para o restante da temporada."

Pouco depois de conceder entrevista coletiva na capital chilena, o brasileiro embarcou para a Austrália para se juntar ao time brasileiro na Davis. O Brasil vai duelar com os anfitriões pela fase qualificatória da tradicional competição. Se conseguir derrubar os favoritos, o time brasileiro avançará às Finais da Davis, em novembro.



Relacionados

Marechal Cândido Rondon | 27-03-2020 08:49

Tenista rondonense Thiago Wild emite nota oficial sobre caso de coronavírus

Tenista rondonense Thiago Wild emite nota oficial sobre caso de coronavírus

Marechal Cândido Rondon | 25-03-2020 06:28

Atleta rondonense testa positivo para o Covid-1; Ele é o primeiro caso do Coronavírus em Marechal

Atleta rondonense testa positivo para o Covid-1; Ele é o primeiro caso do Coronavírus em Marechal

Tênis | 15-03-2020 07:40

Surpreso com 1º título, Thiago Wild mantém cautela e se esquiva de comparações

Surpreso com 1º título, Thiago Wild mantém cautela e se esquiva de comparações

Tênis | 06-03-2020 08:10

Wild e Monteiro perdem e Austrália abre 2 a 0 sobre o Brasil na Davis

Wild e Monteiro perdem e Austrália abre 2 a 0 sobre o Brasil na Davis