Tênis

Tênis

Favorita, Pliskova cai na 2ª rodada em Wimbledon; Mattek-Sands sofre lesão grave


Favorita, Pliskova cai na 2ª rodada em Wimbledon
Foto: Divulgação

Mais uma favorita se despediu da chave feminina de Wimbledon. Nesta quinta-feira, a checa Karolina Pliskova foi superada pela eslovaca Magdalena Rybarikova de virada. A 87ª colocada do ranking superou a terceira do mundo por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 5/7 e 2/6, em um duelo de 2h17min.

Pliskova, que é a líder do ranking da temporada, é a segunda favorita a se despedir do Grand Slam britânico. Antes dela, caiu a também checa Petra Kvitova, eliminada na quarta. A alemã Angelique Kerber, atual número 1, e a romena Simona Halep, número 2, seguem vivas na chave, que não tem a norte-americana Serena Williams e nem a russa Maria Sharapova.

Nesta quinta, Pliskova e Rybarikova fizeram um duelo equilibrado do começo ao fim. Os números da partida atestam o jogo parelho. Foram 33 bolas vencedoras para a eslovaca, contra 28 da checa, que cometeu apenas dois erros não forçados a mais que a adversária (28 a 26).

Elas até empataram nos aces - foram seis para cada lado - e aproveitamento semelhante nos pontos quando jogaram com o primeiro serviço: 66% para a vencedora, contra 63% da eliminada. Rybarikova, contudo, foi melhor nos pontos decisivos. Ela obteve cinco quebras de saque e Pliskova, três.

Pliskova era uma das principais favoritas dos especialistas - liderava as bolsas de apostas - por causa da regularidade ao longo da temporada até agora. E também pelo título conquistado em Eastbourne, na semana passada. Na terceira rodada, a tenista da Eslováquia vai enfrentar a ucraniana Lesia Tsurenko, que avançou ao superar a suíça Viktorija Golubic por 2 a 1, com parciais de 6/1, 2/6 e 6/3.

Entre as demais favoritas que entraram em quadra nesta quinta, não houve surpresas. A experiente russa Svetlana Kuznetsova despachou a compatriota Ekaterina Makarova por 6/0 e 7/5. Sua próxima adversária será a eslovena Polona Hercog, que bateu a norte-americana Varvara Lepchenko por 6/7 (2/7), 6/2 e 6/2.

A polonesa Agnieszka Radwanska, que já foi vice-campeã em Londres, superou a americana Christina McHale por 5/7, 7/6 (9/7) e 6/3. Na sequência, ela vai enfrentar a vencedora do confronto entre a eslovaca Kristina Kucova e a suíça Timea Bacsinszky, semifinalista em Roland Garros.

Já Garbiñe Muguruza, da Espanha, desbancou a belga Yanina Wickmayer por 6/2 e 6/4. Na sequência, ela vai duelar com a romena Sorana Cirstea, que avançou diante do abandono da norte-americana Bethanie Mattek-Sands.

Em outros jogos já finalizados nesta quinta, venceram a casaque Zarina Diyas e as americanas CoCo Vandeweghe e Alison Riske, responsável pela eliminação da francesa Kristina Mladenovic, 12ª cabeça de chave, por 2/6, 6/4 e 6/4.

MATTEK-SANDS SE MACHUCA - Um momento dramático marcou o quarto dia de disputas da chave principal de Wimbledon, nesta quinta. Bethanie Mattek-Sands abandonou o torneio ao sofrer grave lesão no joelho direito. Ela se machucou ao tentar rebater uma bola. Ela deslizou pela grama e caiu, gemendo de dor. "Me ajudem", gritou a americana, segurando o joelho.

Ela recebeu atendimento médico em quadra durante 20 minutos. Chegou a receber oxigênio e injeção enquanto estava sobre a grama. Em seguida, foi retirada de maca e foi encaminhada em seguida ao hospital. Ainda não há maiores detalhes sobre a lesão sofrida pela atual número 103 do mundo.

Antes do abandono, Mattek-Sands vencera o set inicial por 6/4. Em seguida, Sorana Cirstea empatou o duelo ao fazer 7/6 (7/4). Elas disputavam o início do terceiro set quando a americana sofreu a contusão.


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina