Tênis

Tênis

Halep vence e pegará Bia Haddad em Londres; Venus ganha a 1ª após acidente fatal


Halep vence e pegará Bia Haddad em Londres; Venus ganha a 1ª
Foto: Divulgação

Atual vice-líder do ranking mundial e segunda cabeça de chave de Wimbledon, Simona Halep não teve maiores dificuldades para confirmar favoritismo em sua estreia no Grand Slam realizado em Londres ao vencer a neozelandesa Marina Erakovic por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1, nesta segunda-feira, após 1h13min de duelo.

Finalista neste ano em Roland Garros, no qual foi surpreendida pela letã Jelena Ostapenko na decisão, a romena assim avançou para ser a segunda adversária de Beatriz Haddad Maia, que horas mais cedo fez história para o Brasil ao se tornar a primeira tenista do Brasil a estrear com vitória na chave principal em Londres desde 1989.

Atual 97ª colocada do ranking mundial, Bia Haddad irá encarar Halep pela primeira vez no circuito profissional da WTA. Embora o favoritismo seja todo de sua rival, a brasileira atravessa boa fase e entrará em quadra com nada a perder após ter passado nesta segunda-feira pela britânica Laura Robson, ex-Top 30 do mundo, exibindo força ao aplicar parciais de 6/4 e 6/2.

Neste duelo em que fez sua estreia nesta edição de Wimbledon, Halep aproveitou cinco de 11 chances de quebrar o saque de Erakovic, atual 129ª colocada da WTA, que conquistou apenas um de cinco break points para ganhar o único game que venceu na segunda parcial.

Desta forma, a neozelandesa não ameaçou em nenhum momento o domínio da romena, que só teve maiores dificuldades para confirmar o seu favoritismo no set inicial, no qual cometeu 16 erros não forçados, contra apenas oito na segunda parcial. Ao todo, também acumulou 19 winners, enquanto sua rival contabilizou somente sete bolas vencedoras.

VENUS - Dois dias após dizer que está "devastada" pelo acidente fatal de carro no qual se envolveu no início do mês passado, que acabou provocando a morte de Jerome Barson, de 79 anos, no último dia 9 de junho, Venus Williams estreou com vitória nesta edição de Wimbledon nesta segunda-feira.

Cinco vezes campeã de simples no Grand Slam inglês, onde triunfou em 2000, 2011, 2005, 2007 e 2008, a veterana tenista norte-americana derrotou a belga Elise Mertens por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (9/7) e 6/4, para ir à segunda rodada em Londres.

Décima cabeça de chave da competição, Venus assim avançou para encarar na próxima fase a chinesa Qiang Wang, que horas mais cedo eliminou a taiwanesa Chang Kai-Chen por 6/3 e 6/4.

Hoje na 11ª posição do ranking mundial, a ex-número 1 sofreu para confirmar favoritismo diante de Mertens, atual 54ª da WTA, que chegou a quebrar o saque da adversária por duas vezes no jogo, mas a tenista dos EUA converteu três break points e ainda levou a melhor no equilibrado tie-break do primeiro set para abrir caminho rumo ao triunfo.

Dona também de outros três vice-campeonatos em Wimbledon, obtidos em 2002, 2003 e 2009, Venus é acusada pela polícia da Flórida, do Estados Unidos, de ser a responsável pela colisão de carros que causou a morte de Jerome Barson, que faleceu apenas 13 dias após o acidente. O veículo da norte-americana atingiu o carro do idoso num cruzamento na cidade de Palm Beach Gardens, onde a tenista reside.

De acordo com a polícia, testemunhas afirmaram que a tenista furou o sinal vermelho no semáforo antes de atingir o outro carro, que estava sendo dirigido pela esposa da vítima, Linda Barson. Venus dirigia um Toyota Sequoia, de ano 2010. A vítima foi encaminhada ao hospital, onde permaneceu por duas semanas. Mas acabou não resistindo aos ferimentos.

A família da vítima entrou com uma ação judicial contra Venus na sexta-feira. A tenista não foi citada ou multada após a colisão ocorrida no dia 9. Relatório da polícia descartou que a atleta estivesse sob influência de qualquer droga ou álcool.

OUTROS JOGOS - Outra cabeça de chave de destaque que confirmou favoritismo em jogo encerrado há pouco em Wimbledon foi a ucraniana Elina Svitolina. Quarta pré-classificada em Londres e atual quinta tenista do mundo, ela superou na estreia a australiana Ashleigh Barty por 2 sets a 0, com 7/5 e 7/6 (10/8).

E a sua próxima adversária já está definida. Trata-se da veterana italiana Francesca Schiavone, que em outro duelo do dia arrasou a luxemburguesa Mandy Minella por duplo 6/1.

Outra que confirmou favoritismo em jogo também já finalizado nesta segunda foi a checa Barbora Strycova, 22ª cabeça de chave, que passou na estreia pela paraguaia Veronica Cepede por duplo 6/3.

Também abriram campanha com vitórias em duelos completados nesta segunda, que contou com interrupção por causa da chuva na capital inglesa, a checa Kristyna Pliskova, algoz da italiana Roberta Vinci (31ª pré-classificada), a grega Maria Sakkari, a alemã Carina Witthoeft e a italiana Camila Giorgi.


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina