Tênis

Tênis

Kerber cai diante de Muguruza, é eliminada de Wimbledon e deixará topo do ranking


Kerber cai diante de Muguruza, é eliminada de Wimbledon e deixará topo
Foto: Divulgação

Em uma grande partida disputada na manhã desta segunda-feira, a alemã Angelique Kerber não conseguiu justificar a condição de principal cabeça de chave de Wimbledon ao ser derrotada pela espanhola Garbiñe Muguruza, que venceu por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 4/6, 6/4 e 6/4, e avançou às quartas de final do Grand Slam realizado em Londres.

Com a derrota, Kerber deixará a liderança do ranking mundial na próxima segunda-feira, quando a listagem voltará a ser atualizada pela WTA, pois não conseguiu defender os pontos que somou pelo vice-campeonato do ano passado em Wimbledon.

Campeã de Roland Garros no ano passado e vice-campeã de Wimbledon em 2015, Muguruza brilhou ao exibir um tênis agressivo nesta segunda. E sua vitória sobre Kerber não pode ser considerada uma surpresa, pois ela conquistou seu quinto triunfo em oito jogos contra a alemã, sendo o quinto consecutivo.

Curiosamente, todos estes últimos cinco duelos anteriores entre as duas tenistas ocorreram em 2015, ano em que a espanhola superou Kerber também em Wimbledon, além de ter eliminado a adversária de Roland Garros e do Torneio de Wuhan, antes de finalmente voltar a derrotá-la no Masters da WTA, em Cingapura.

Com a derrota para Muguruza, Kerber irá perder a liderança do ranking mundial para a romena Simona Halep ou para a checa Karolina Pliskova, esta última também já eliminada de Wimbledon. Halep enfrenta a bielo-russa Victoria Azarenka, em duelo programado também para acabar nesta segunda-feira em Wimbledon, e precisa chegar ao menos até as semifinais do Grand Slam para assumir a liderança. Caso isso não ocorra, o topo será de Pliskova a partir da próxima semana.

Atual 15ª colocada do ranking mundial, Muguruza terá como próxima adversária em Londres a russa Svetlana Kuznetsova, sétima cabeça de chave, que em outro duelo desta segunda passou pela polonesa Agnieszka Radwanska, nona pré-classificada, com parciais de 6/2 e 6/4.

Na partida diante de Kerber, a espanhola triunfou em um jogo que durou 2h18min e no qual aproveitou quatro de oito chances de quebrar o saque da alemã, que converteu apenas três de dez break points. E Muguruza teve premiada a sua agressividade, pois soltou o braço nos golpes de fundo de quadra ao acumular 55 winners, assim como cometeu nada menos do que 50 erros não forçados.

Mais na defensiva ao estar sob pressão, Kerber acumulou apenas 27 bolas vencedoras e acumulou 12 erros não forçados. E acabou pagando o preço por não ter conseguido ser mais eficiente nos momentos decisivos, pois não aproveitou sete das dez chances que teve de quebrar o saque de sua adversária.

OSTAPENKO AVANÇA - Atual campeã de Roland Garros, Jelena Ostapenko segue surpreendendo em seu embalo em torneios de Grand Slam. Desta vez, a tenista da Letônia, de apenas 20 anos, eliminou a ucraniana Elina Svitolina, quarta cabeça de chave e atual quinta colocada do ranking mundial, batida por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (8/6), e também avançou às quartas de final de Wimbledon em outra partida já encerrada nesta segunda-feira.

Assim, a 13ª colocada da WTA avançou para encarar na próxima fase a norte-americana Venus Williams, que em confronto encerrado há pouco arrasou a croata Ana Konjuh por 6/3 e 6/2. Desta forma, a irmã mais velha de Venus Williams manteve o sonho de buscar um histórico hexacampeonato do importante torneio, que ela conquistou anteriormente em 2000, 2001, 2005, 2007 e 2008.

Outra tenista que assegurou classificação às quartas de final em partida já finalizada nesta segunda-feira foi a eslovaca Magdalena Rybarikova, que eliminou a croata Petra Martic com um triunfo por 2 sets a 1, com 6/4, 2/6 e 6/3.

A sua próxima adversária sairá do confronto entre a dinamarquesa Caroline Wozniacki, quinta cabeça de chave, e a norte-americana Coco Vandeweghe, programado também para ser encerrado nesta segunda na capital inglesa.


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina