Tênis

Tênis

Kerber sofre um pouco, mas bate norte-americana na estreia em Wimbledon


Kerber sofre um pouco, mas bate norte-americana na estreia
Foto: The Star

Atual líder do ranking mundial, a alemã Angelique Kerber teve um pouco mais de dificuldades do que esperava, mas confirmou favoritismo na sua estreia em Wimbledon ao vencer a norte-americana Irina Falconi por 2 sets a 0, com duplo 6/4, nesta terça-feira, em Londres.

A cabeça de chave número 1 do torneio feminino de simples do Grand Slam realizado na capital inglesa precisou de 1h27min para liquidar uma adversária que ocupa apenas a 247ª posição no ranking da WTA. Com o triunfo, a tenista da Alemanha avançou à segunda rodada da competição disputada em quadras de grama e se credenciou para enfrentar a belga Kirsten Flipkens, que em outro duelo já encerrado nesta terça abriu a sua campanha derrotando a japonesa Misaki Doi com parciais de 6/4 e 6/3.

Vice-campeã no ano passado em Wimbledon, Kerber defende os pontos que conquistou pela boa campanha do ano passado e com isso também luta para sustentar a liderança do ranking mundial, que está em jogo neste Grand Slam. Com 7.035 pontos, ela hoje é seguida de perto pela romena Simona Halep, vice-líder, com 6.920, e pela checa Karolina Pliskova, terceira colocada, com 6.855.

No duelo desta terça, Kerber chegou a ter o seu saque quebrado por duas vezes por Falconi, mas converteu quatro de 11 break points para encaminhar o seu triunfo em sets diretos. Com nada a perder diante da alemã, a norte-americana jogou de maneira solta nesta estreia e disparou 22 winners, contra 15 bolas vencedoras da alemã. A tenista dos Estados Unidos, porém, cometeu 24 erros não forçados, contra 15 da favorita.

Na semana passada, em seu evento final de preparação para Wimbledon, Kerber foi eliminada nas quartas de final do Torneio de Eastbourne, na Inglaterra, onde o título ficou com Pliskova, que assim mostrou que é uma das favoritas a faturar esta edição do Grand Slam inglês. Em jogo previsto para acontecer nesta terça, a checa fará sua estreia contra a russa Evgeniya Rodina.

OUTROS JOGOS - Em outras duas partidas já encerradas neste dia de disputas em Londres, a russa Anastasia Pavlyuchenkova e a holandesa Kiki Bertens não conseguiram justificar as respectivas condições de 16ª e 23ª cabeças de chave em suas estreias.

A primeiras delas foi batida pela australiana Arina Rodionova, que ganhou por 2 sets a 1, de virada, com 3/6, 7/6 (8/6) e 9/7. Já a tenista da Holanda caiu diante da romena Sorana Cirstea com parciais de 7/6 (7/4) e 7/5.

A norte-americana CoCo Vandeweghe, por sua vez, fez valer o status de 24ª pré-classificada ao bater na estreia a romena Mona Barthel por 7/5 e 6/2. E outra tenista dos EUA que estreou com vitória em duelo já encerrado nesta terça foi Bethanie Mattek-Sands, que superou a polonesa Magda Linette, de virada, com 1/6, 6/2 e 6/3.

Também já estão asseguradas na segunda rodada a eslovaca Magdalena Rybarikova e alemã Tatjana Maria, que triunfaram em outros confrontos finalizados em Londres.


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina