Tênis

Tênis

Monteiro perde de russo em Wimbledon e Sá, Bellucci e Rogerinho caem nas duplas


Monteiro perde de russo em Wimbledon e Sá, Bellucci e Rogerinho caem
Foto: Divulgação

O brasileiro Thiago Monteiro foi eliminado da chave masculina de simples de Wimbledon, nesta quarta-feira, ao ser derrotado de virada pelo russo Karen Khachanov, que se garantiu na terceira rodada do Grand Slam inglês ao ganhar por 3 sets a 1, com parciais de 3/6, 7/6 (7/5), 7/6 (7/3) e 7/5.

Em sua estreia, Monteiro havia passado pelo australiano Andrew Whittington por 3 sets a 1, então em sua primeira vitória em piso de grama de sua carreira em qualquer torneio do circuito profissional. E o atual 100º colocado do ranking mundial vinha surpreendendo a promessa russa que ocupa hoje o 34º posto da ATP, mas acabou sucumbindo após 3h09min de confronto, encerrado com uma dupla falta no saque do brasileiro.

O tenista cearense ainda mostrou força e boa adaptação ao piso de grama ao levar dois sets ao tie-break, mas ele foi superado nestes dois desempates e, sob pressão na quarta parcial, foi derrotado quando tinha o saque na mão no 12º game.

No fim das contas, Khachanov foi mais eficiente ao aproveitar três de sete chances de quebrar o serviço do brasileiro, que converteu apenas três de 18 break points. O russo ainda contabilizou 15 aces, contra dez de Monteiro.

Com a vitória sobre o brasileiro, Khachanov avançou para a terceira rodada e terá como próximo rival o vencedor da partida entre o espanhol Rafael Nadal e o norte-americano Donald Young, também prevista para acontecer nesta quarta em Londres.

OUTROS JOGOS - Em outras duas partidas já encerradas nesta quarta na capital inglesa, o japonês Kei Nishikori e o francês Jo-Wilfried Tsonga confirmaram as respectivas condições de 9º e 12º cabeças de chaves em partidas válidas pela segunda rodada.

O japonês sofreu, mas derrotou o ucraniano Sergiy Stakhovsky por 3 sets a 1, com 6/4, 6/7 (7/9), 6/1 e 7/6 (8/6), e assim avançou para encarar na próxima fase o espanhol Roberto Bautista Agut, 18º pré-classificado, que em outro duelo do dia superou o alemão Peter Gojowczyk, também por 3 a 1, com 6/2, 6/1, 3/6 e 6/3.

Tsonga, por sua vez, teve bem mais facilidade para eliminar o italiano Simone Bolelli com parciais de 6/1, 7/5 e 6/2 e também ficar a um passo das oitavas de final. O seu próximo adversário será o norte-americano Sam Querrey, 24º cabeça de chave, que passou nesta quarta pelo georgiano Nikoloz Basilashvili por 3 a 1, com 6/4, 4/6, 6/3 e 6/3.

Outro confronto já definido da terceira rodada irá envolver o luxemburguês Gilles Muller, 16º pré-classificado, e o britânico Aljaz Bedene. O primeiro deles avançou ao bater o checo Lukas Rosol por 3 sets a 1, enquanto o tenista da casa eliminou o bósnio Damir Dzumhur, também por 3 a 1.

O russo Daniil Medvedev, responsável pela surpreendente eliminação do suíço Stan Wawrinka na estreia, acabou sendo batido na segunda rodada ao cair por 3 sets a 2 diante do belga Ruben Bemelmans. O italiano Paolo Lorenzi, em jogo atrasado válido ainda pela primeira rodada, estreou batendo o argentino Horacio Zeballos por 3 a 1.

DUPLAS - Além da queda de Thiago Monteiro, o Brasil também já contabilizou outras duas derrotas em jogos que envolveram três de seus tenistas em confrontos já encerrados nesta quarta-feira, primeiro dia de disputas da chave de duplas masculina de Wimbledon.

Um deles foi André Sá, que vinha de um bom vice-campeonato do Torneio de Eastbourne atuando ao lado do indiano Rohan Bopanna, mas que estreou no Grand Slam inglês sendo derrotado em um confronto no qual fez parceria com o israelense Dudi Sela.

Depois de iniciarem bem o duelo diante do norte-americano Nicholas Monroe e do neozelandês Artem Sitak, vencendo as duas primeiras parciais por 6/3, Sé e Sela em seguida foram batidos nas três parciais seguintes por 7/5, 7/6 (7/4) e 6/3.

O brasileiro e o israelense caíram em muito pela falta de eficiência, pois desperdiçaram oito de 12 chances de quebrar o saque de seus adversários, que converteram quatro de seis break points e colocaram mais pressão sobre seus rivais ao forçarem o quinto set após vencerem a quarta parcial no tie-break.

Outros dois brasileiros eliminados nesta quarta foram Thomaz Bellucci e Rogério Dutra Silva, que formaram dupla 100% brasileira para este Grand Slam e também já haviam sido eliminados na estreia da chave de simples. Desta vez eles caíram diante do francês Fabrice Martin e do canadense Daniel Nestor por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 7/6 (7/5) e 6/2.

Atuando diante dos décimo terceiros cabeças de chave da competição, os brasileiros até chegaram a quebrar duas vezes o saque de seus adversários e levaram o segundo set ao tie-break, mas os favoritos aproveitaram seis de 13 break points e assim liquidaram o confronto de maneira tranquila.

Quarto cabeça de chave desta disputa ao lado do polonês Lukasz Kubot e tido como um dos principais favoritos ao título após conquistar dois torneios seguidos nesta temporada de saibro, o brasileiro Marcelo Melo estreará contra os holandeses Wesley Koolhof e Matwe Middelkoop em outra partida prevista para acontecer nesta quarta.


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina