Nadal fecha ano no topo e mira recorde de Sampras; Thiem sobe para 4º após vice

Estadão Conteúdo
Tênis | Publicado em 18/11/2019 às 14:10

Mais velho tenista a se garantir na liderança do ranking mundial ao término de uma temporada, Rafael Nadal, de 33 anos, foi confirmado nesta segunda-feira com 9.985 pontos no topo da listagem da ATP. O espanhol já havia assegurado na última quinta-feira a primeira posição até o fim de 2019 e, com isso, repetiu o feito que também conseguiu atingir em 2008, 2010, 2013 e 2017.

Desta forma, ele igualou a façanha conquistada por outros três tenistas: o sérvio Novak Djokovic, o suíço Roger Federer e o norte-americano Jimmy Connors, que também finalizaram por cinco vezes uma temporada na ponta. E agora o atual líder do ranking almeja alcançar em 2020 o recorde de Pete Sampras, dos Estados Unidos, que fechou seis anos consecutivos de sua carreira como número 1 do mundo, entre 1993 e 1998.

Nadal terminará este 2019 como líder mesmo após ter sido eliminado na primeira fase do ATP Finals, torneio que reuniu os oito melhores tenistas da temporada e no qual o grego Stefanos Tsitsipas sagrou-se campeão, no último domingo, em Londres. Mesmo com o título, ele se manteve na mesma sexta posição que ocupava na semana passada, mas agora contabilizando 5.300 pontos.

Derrotado na decisão da competição realizada na capital inglesa, o austríaco Dominic Thiem subiu do quinto para o quarto lugar. Ele ultrapassou o russo Daniil Medvedev, que sofreu três derrotas em três jogos na primeira fase do ATP Finals, sendo uma delas ao tomar uma surpreendente virada de Rafael Nadal.

Também eliminado antes das semifinais em Londres na semana passada, Djokovic permaneceu na vice-liderança, com 9.145 pontos, enquanto Federer seguiu em terceiro, com 6.590. O suíço foi superado por Tsitsipas no sábado, em um dos confrontos que valeram vaga na decisão do ATP Finals, enquanto Thiem, com 5.825, despachou o alemão Alexander Zverev, atual campeão, para poder brigar pelo título.

O tenista da Alemanha, que estreou com vitória sobre Nadal nesta sua última campanha em Londres, sustentou a sétima colocação, assim como o italiano Matteo Berrettini, que participou do ATP Finals pela primeira vez, permaneceu em oitavo lugar. O espanhol Roberto Bautista Agut e o francês Gael Monfils fecham, nesta ordem, o Top 10.

Entre os brasileiros, Thiago Monteiro, atual número 1 do País, subiu um posto nesta segunda-feira e assumiu o 89º lugar no geral. Já João Menezes, outro único integrante da nação no Top 200, caiu uma posição e agora é o 190º do mundo.

DUPLISTAS - Já no ranking de duplistas, o brasileiro Marcelo Melo fechou a sua temporada em sétimo lugar, descendo uma relação à semana passada, depois de ter sido derrotado ao lado do parceiro polonês Lukasz Kubot na semifinal de duplas do ATP Finals, no último sábado. O tenista da Polônia, por sua vez, passou da quinta para a sexta posição desta mesma listagem, liderada de forma empatada pelos colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, também superados em um duelo que valeu lugar na decisão na capital inglesa.

A maior ascensão deste ranking entre os integrantes do Top 10 foi alcançada pelo francês Pierre-Hughes Herbert, que saltou da 14ª para a 5ª colocação após conquistar o título do ATP Finals ao lado do seu compatriota Nicolas Mahut, que se manteve no mesmo terceiro lugar que já ocupava na semana passada.

Confira a classificação atualizada do ranking da ATP:

1º - Rafael Nadal (ESP), 9.985 pontos

2º - Novak Djokovic (SER), 9.145

3º - Roger Federer (SUI), 6.590

4º - Dominic Thiem (AUT), 5.825

5º - Daniil Medvedev (RUS), 5.705

6º - Stefanos Tsitsipas (GRE), 5.300

7º - Alexander Zverev (ALE), 3.345

8º - Matteo Berrettini (ITA), 2.870

9º - Roberto Bautista Agut (ESP), 2.540

10º - Gael Monfils (FRA), 2.530

11º - David Goffin (BEL), 2.335

12º - Fabio Fognini (ITA), 2.290

13º - Kei Nishikori (JAP), 2.180

14º - Diego Schwartzman (ARG), 2.125

15º - Denis Shapovalov (CAN), 2.050

16º - Stan Wawrinka (SUI), 2.000

17º - Karen Khachanov (RUS), 1.840

18º - Alex de Minaur (AUS), 1.775

19º - John Isner (EUA), 1.770

20º - Grigor Dimitrov (BUL), 1.747

89º - Thiago Monteiro (BRA), 616

190º - João Menezes (BRA), 266

215º - Thiago Wild (BRA), 235

239º - Rogério Dutra Silva (BRA), 200



Relacionados

Tênis | 22-11-2019 21:55

Nadal brilha e Espanha avança à semifinal na Davis; Djokovic cai com a Sérvia

Nadal brilha e Espanha avança à semifinal na Davis; Djokovic cai com a Sérvia

Tênis | 21-11-2019 23:25

Canadá elimina Austrália e vai à semi da Copa Davis; Djokovic avança com a Sérvia

Canadá elimina Austrália e vai à semi da Copa Davis; Djokovic avança com a Sérvia

Tênis | 20-11-2019 22:50

Nadal vence e põe Espanha nas quartas de final da Davis; Djokovic arrasa japonês

Nadal vence e põe Espanha nas quartas de final da Davis; Djokovic arrasa japonês

Tênis | 18-11-2019 22:30

Rússia, Bélgica e Canadá vencem na abertura das finais da 'nova' Copa Davis

Rússia, Bélgica e Canadá vencem na abertura das finais da 'nova' Copa Davis