Tênis

Tênis

Nadal vence, completa 30 sets sem perder em Grand Slam e avança em Wimbledon


Nadal vence, completa 30 sets sem perder em Grand Slam e avança
Foto: Divulgação

Após ganhar o seu décimo título de Roland Garros de forma avassaladora, Rafael Nadal segue embalado em sua campanha em Wimbledon. O espanhol venceu nesta sexta-feira o russo Karen Khachanov por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 6/4 e 7/6 (7/3), e se garantiu sem maiores problemas nas oitavas de final do Grand Slam realizado em Londres.

Cabeça de chave número 4 da competição, Nadal assim ampliou a sua série invicta em Grand Slam para 30 sets sem perder. Antes de jogar na capital inglesa, ele conquistou o seu décimo troféu em Paris com uma campanha em que foi imbatível nos 21 sets que disputou em sete partidas. E, como não foi superado em nenhum set até aqui em Wimbledon após três partidas, já contabiliza 30 ao total sem ser derrotado.

Na próxima fase, o atual vice-líder do ranking mundial irá enfrentar o luxemburguês Gilles Muller, que horas mais cedo confirmou a sua condição de 16º cabeça de chave ao derrotar o britânico Aljaz Bedene por 3 sets a 0, com parciais de 6/4 (7/4), 7/5 e 6/4.

Campeão do Grand Slam inglês em 2008 e 2010 e vice em 2006, 2007 e 2011, Nadal tenta voltar a ganhar o mais importante torneio de tênis realizado em quadras de grama em uma temporada na qual já faturou quatro títulos e avançou às finais do Aberto da Austrália e de Roland Garros, tendo sido batido por Roger Federer na decisão do primeiro destes Grand Slams, em Melbourne.

E a última vez que Nadal perdeu um set na série de quatro torneios mais importantes do circuito profissional foi justamente na decisão do Aberto da Austrália, onde sucumbiu em uma partida épica de cinco parciais contra o lendário tenista suíço.

Nesta sexta, o espanhol travou um duelo inédito contra Khachanov, promessa russa de 21 anos de idade, que ocupa a 34ª posição do ranking mundial e foi vice-campeão na grama de Halle há menos de duas semanas, quando só caiu diante de Federer na final do torneio alemão.

E Nadal, com 31 anos completados no mês passado, fez valer a sua experiência muito maior em torneios desta magnitude para derrotar Khachanov em sets diretos. O espanhol aproveitou quatro de 15 chances de quebrar o saque do russo, que só conseguiu converter um de cinco break points e só deu maior trabalho ao adversário no terceiro set, no qual não houve quebras de serviço e o favorito precisou jogar o tie-break para liquidar o confronto.

OUTROS JOGOS - Outras três partidas já foram encerradas nesta sexta no torneio masculino de simples de Wimbledon. Em uma delas, o croata Marin Cilic fez valer a sua condição de sétimo cabeça de chave ao bater o norte-americano Steve Johnson por 3 sets a 0, com 6/4, 7/6 (7/3) e 6/4, para também ir às oitavas de final.

O próximo rival de Cilic será o espanhol Roberto Bautista Agut, 18º pré-classificado, que fez bonito ao desbancar o favoritismo do japonês Kei Nishikori, nono cabeça de chave, com uma vitória por 3 sets a 1, com 6/4, 7/6 (7/3), 3/6 e 6/3.

Outro tenista já garantido nas oitavas de final é o francês Benoit Paire, que passou pelo polonês Jerzy Janowicz com parciais de 6/2, 7/6 (7/3) e 6/3. O seu próximo adversário sairá do confronto entre o britânico Andy Murray, líder do ranking mundial e atual campeão de Wimbledon, contra o italiano Fabio Fognini, também programado para ser encerrado nesta sexta.


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina