Últimas regatas são canceladas e Scheidt faz balanço positivo do Europeu de 49er

Estadão Conteúdo
Vela | Publicado em 04/08/2017 às 13:25

Foto: Divulgação

A participação de Robert Scheidt e Gabriel Borges no Campeonato Europeu da classe 49er de vela terminou sem que eles fossem à água. Os fortes ventos em Kiel, na Alemanha, sede da competição, culminaram no cancelamento das três últimas regatas da disputa nesta sexta-feira. Com isso, os brasileiros ficaram mesmo na 31.ª colocação geral entre 92 barcos, com 103 pontos perdidos.

Longe das primeiras colocações, os brasileiros se despedem da disputa com a vitória em duas regatas como prêmio de consolação, mas cientes da própria irregularidade ao longo da competição. Em sua primeira temporada na 49er, Scheidt admitiu que ainda precisa evoluir para ter nesta classe a mesma relevância da Laser e da Star, nas quais marcou época, mas fez um balanço positivo do Europeu.

"O balanço do Europeu é positivo. Queríamos ter feito melhor, claro, mas os resultados ruins nas quatro regatas nos deixaram muito atrás na pontuação, longe da flotilha ouro. Daí para frente, melhoramos. Mas o importante é que velejamos em altíssimo nível contra grandes iatistas. Estamos prontos para o Mundial", garantiu.

A 31.ª posição impediu que os brasileiros se classificassem para a fase final da disputa e, consequentemente, os tirou da briga por medalhas. Mesmo assim, Scheidt avaliou que o importante neste início de trajetória em uma nova classe foi o aprendizado.

"Aprendemos muito e deixamos Kiel um pouco melhor do que chegamos. Estreamos um novo barco aqui e sabemos que tudo faz parte do nosso aprendizado na 49er. Vamos em frente", considerou.

Diante da impossibilidade de competirem nesta sexta, Scheidt e Borges aproveitaram para treinar. Ao lado das duplas Carlos Robles Lorente/Marco Grael (terminou na 23.ª colocação, com 82,5 pontos perdidos) e Dante Bianchi/Thomas Low-Beer (39.º lugar, com 128 pontos perdidos), também do Brasil, eles foram para a água visando a disputa do Campeonato Mundial, de 28 de agosto a 2 de setembro, na cidade do Porto, em Portugal.

Na classificação geral, a liderança ficou mesmo com os britânicos Dylan Fletcher-Scott e Stuart Bithell, com 42,5 pontos perdidos. Neste sábado, os dez melhores barcos da competição disputam a medal race para decidir o campeão do Europeu.



Relacionados

Vela | 27-03-2018 10:55

Equipe desiste de buscas e CEO da Volvo Ocean Race diz que britânico está perdido

Equipe desiste de buscas e CEO da Volvo Ocean Race diz que britânico está perdido

Vela | 18-03-2018 08:12

Vítimas da violência no Rio se reinventam na canoa e miram a Paralimpíada de 2020

Vítimas da violência no Rio se reinventam na canoa e miram a Paralimpíada de 2020

Vela | 27-02-2018 16:30

Barco da brasileira Martine Grael vence sexta etapa da regata de volta ao mundo

Barco da brasileira Martine Grael vence sexta etapa da regata de volta ao mundo

Vela | 29-01-2018 15:55

Robert Scheidt dividirá calendário de 2018 em disputas da Star e da vela oceânica

Robert Scheidt dividirá calendário de 2018 em disputas da Star e da vela oceânica