Brasil derrota os Estados Unidos por 3 a 1 e vai à decisão da Liga Mundial

Estadão Conteúdo
Vôlei | Publicado em 07/07/2017 às 17:35

Foto: divulgação

A seleção brasileira masculina de vôlei obteve um grande feito nesta sexta-feira. Superou os Estados Unidos por 3 sets a 1 - com parciais de 25/20, 23/25, 25/20 e 25/19 -, em uma quadra montada na Arena da Baixada, o estádio do Atlético Paranaense, em Curitiba, e se garantiu na decisão da Liga Mundial.

Em seu primeiro torneio sob o comando do técnico Renan Dal Zotto, a seleção brasileira repetiu o bom nível da "Era Bernardinho", chegou à final e aguarda agora o vencedor da outra semi, entre França e Canadá, que ocorre também nesta sexta-feira.

E na final deste sábado, que será disputada às 23h05, Renan Dal Zotto terá a oportunidade de quebrar uma importante marca já em sua estreia na seleção: conquistar a Liga Mundial após sete anos. Campeã em 1993, 2001, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009 e 2010, a equipe foi vice em 2011, 2013, 2014 e 2016.

Satisfeito com o desempenho na fase decisiva da competição, o técnico escalou a seleção brasileira nesta sexta-feira com a mesma formação dos últimos jogos com Bruno, Wallace, Maurício Souza, Lucão, Lucarelli, Maurício Borges e o líbero Thales.

E, contando com o apoio da torcida, a equipe teve grande desempenho no primeiro set. Abriu vantagem no início e manteve a pequena margem até os pontos finais, quando disparou e fechou em 25 a 20.

O ritmo parecia que seguiria no segundo set. O Brasil abriu 5 a 2, viu os Estados Unidos virarem para 13 a 9 e buscou o empate em 13 a 13. Mas, a partir daí, os norte-americanos se impuseram, seguraram a tentativa de reação no momento decisivo e venceram por 25 a 23.

O erro não se repetiu no terceiro set: depois de abrir vantagem no início, a seleção brasileira manteve o domínio e venceu com tranquilidade. E, no quarto, novamente mais equilibrado, foi precisa nos pontos decisivos e se garantiu na final.

Com 51 pontos de ataque, 5 de bloqueio e 4 de saque, contra respectivamente 55, 4 e 6 dos Estados Unidos, a equipe de Renan Dal Zotto sacramentou a vitória ao atuar com sabedoria e errar menos, o que os jogadores queriam após avançarem às semifinais - apenas 19 pontos cedidos, contra 38 do adversário.

Destaque da seleção, Wallace anotou 18 pontos - 16 de ataque e 2 de bloqueio - e comandou a vitória brasileira, embora o principal pontuador do jogo tenha sido o norte-americano Taylor Sander, com 20 acertos.



Relacionados

Vôlei | 15-07-2018 11:00

Ágatha e Duda perdem duas vezes e ficam com 4º lugar no vôlei de praia em Gstaad

Ágatha e Duda perdem duas vezes e ficam com 4º lugar no vôlei de praia em Gstaad

Vôlei | 14-07-2018 09:40

Ágatha e Duda vencem dupla dos EUA e vão à semifinal do vôlei de praia em Gstaad

Ágatha e Duda vencem dupla dos EUA e vão à semifinal do vôlei de praia em Gstaad

Vôlei | 13-07-2018 17:50

Sem jogar, dupla brasileira avança às quartas em etapa da Suíça do vôlei de praia

Sem jogar, dupla brasileira avança às quartas em etapa da Suíça do vôlei de praia

Vôlei | 12-07-2018 18:45

Zé Roberto anuncia primeiras convocadas da seleção feminina para o Mundial

Zé Roberto anuncia primeiras convocadas da seleção feminina para o Mundial