Colégio Expoente se classifica para etapa nacional dos Jogos Escolares

Redação Tarobá News
Vôlei | Publicado em 05/09/2019 às 09:06

William Lucas/ COB

Medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Barcelona 1992, Jorge Édson Brito conquistou vaga para participar da sua quarta edição da etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude. Sob o seu comando, a equipe feminina de vôlei categoria 15 a 17 anos do Colégio Expoente Água Verde, de Curitiba (PR), venceu os três adversários que enfrentou na etapa Regional Amarela, em Cascavel (PR), e agora se prepara para disputar, entre 16 e 30 de novembro, a maior competição escolar do país, em Blumenau (SC).

Jorge Édson participou pela primeira vez do evento em 1984, quando a competição ainda se chamava Jogos Escolares Brasileiros (Jebs). “Muita gente boa fazia parte daquele time. Um deles era o Marcos Pacheco, hoje um técnico renomado”, lembrou. Em 2009, ele foi o técnico do Colégio Sion na competição para jovens de 12 a 14 anos, em Poços de Caldas (MG). Em 2017 ele já comandava o Colégio Expoente nos Jogos Escolares de Brasília.

O treinador iniciou sua carreira como auxiliar de José Roberto Guimarães em 2002, no Sorocaba. Trabalhou ainda com a dupla Zé Roberto e Paulo Coco no Finasa e, desde então, atua como treinador.

“Essa é uma competição muito grande, com um potencial enorme. Trabalhei em Jogos Olímpicos, Campeonatos Mundiais, diversos Sul-americanos e a estrutura aqui é de excelência, comparável a esses grandes eventos. Oferece um intercâmbio muito interessante entre clube e escola, uma experiência gigante para todos os envolvidos”, afirmou.

Única remanescente da equipe que esteve na Capital Federal há dois anos, a ponteira Tainá Anschau é um dos destaques do Colégio Expoente. Aos 17 anos e com 1,75m, ela acredita que a equipe está pronta para conquistar uma vaga no pódio em Blumenau.

“Nosso time é bastante competitivo. Estou muito feliz em representar o Paraná mais uma vez nos Jogos Escolares, em Blumenau. Temos condições de fazer um bom campeonato lá, mas temos que treinar bastante para isso”, disse a fã da oposta Tandara, que faz parte da seleção paranaense de vôlei da categoria.

Outra atleta da seleção estadual é a central Julia Lawrenz, de 16 anos e 1,83m. Além delas, a levantadora Kamyle Souza também se destaca na equipe. As atletas atuam ainda no Curitibano, e recebem bolsa de estudo, alimentação e moradia da instituição de ensino.

A medalha de ouro do vôlei masculino nos Jogos de Barcelona 1992 foi a primeira conquista olímpica do país entre todos os esportes coletivos. A equipe contava com estrelas do esporte nacional como Marcelo Negrão, Giovane Gávio, Maurício Lima, Janelson, Douglas Chiarotti, Talmo, entre outros. Ao contrário das últimas edições de Jogos Olímpicos, o Brasil ainda subia pouco ao pódio. Naquele ano, além do ouro no vôlei, o país conquistou apenas outras duas medalhas: ouro com o judoca Rogério Sampaio e prata na natação com Gustavo Borges, nos 100m livre.

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), com patrocínio da Coca-Cola, parceria da Ajinomoto e do Grupo Globo, e apoio do Governo Municipal de Cascavel e do Governo Estadual do Paraná.


Fonte: COB



Relacionados

Vôlei | 13-09-2019 22:50

Superliga de Vôlei divulga tabelas e confirma playoffs com no máximo três jogos

Superliga de Vôlei divulga tabelas e confirma playoffs com no máximo três jogos

Vôlei | 12-09-2019 18:15

Brasil perde set, mas vence Argentina e vai à semi do Sul-Americano de vôlei

Brasil perde set, mas vence Argentina e vai à semi do Sul-Americano de vôlei

Vôlei | 12-09-2019 00:00

Com mudanças, seleção masculina de vôlei vence a 2ª no Sul-Americano

Com mudanças, seleção masculina de vôlei vence a 2ª no Sul-Americano

Vôlei | 11-09-2019 06:17

Seleção masculina de vôlei arrasa Equador em estreia no Campeonato Sul-Americano

Seleção masculina de vôlei arrasa Equador em estreia no Campeonato Sul-Americano