Parceria entre Embrapa e startups desenvolve tecnologia sustentável para o cultivo da soja

Redação Tarobá News
Agricultura | Publicado em 28/02/2019 às 19:55

Ovos de uma das principais pragas da soja foram objeto de pesquisa. Já resistentes aos inseticidas, trabalhadores da Emprapa Soja descobriram que o produtor pode se livrar do percevejo marrom usando vespas. É o chamado controle biológico. Para se ter ideia do quanto o percevejo é prejudicial a soja: o produtor usa o inseticida de 4 a 5 vezes durante a safra. 50% da aplicação é focada nessa praga, que aparece com mais frequência nos meses de janeiro e fevereiro. Uma parceria da Embrapa com uma startup de Piracicaba, em São Paulo, vem para transformar a pesquisa num produto de mercado e auxiliar o manejo da soja. 

Esse encontro só foi possível no fim do ano passado. É a primeira vez que a empresa abriu as portas para que startups apresentassem ideias sustentáveis para a produção da cultura. Na necessidade de se aproximarem de novas tecnologias, surgiram 15 projetos do Brasil inteiro, 3 foram escolhidos e esse foi um deles. A start up selecionada irá produzir os ovos em larga escala. O processo completo deve levar até dois anos, quando a novidade pode então chegar ao mercado. A ideia é liberar aproximadamente 30 mil vespas por hectare utilizando por exemplo drones, em vez do lento trabalho manual.

Reportagem: Kathulin Tanan.



Relacionados

Cascavel | 06-03-2019 21:11

Paraná deve colher 13 milhões de toneladas de milho safrinha

Paraná deve colher 13 milhões de toneladas de milho safrinha

Ponta Grossa | 06-03-2019 14:52

Semana de Campo vai reunir produtores de feijão e milho

Semana de Campo vai reunir produtores de feijão e milho

Agricultura | 05-03-2019 10:49

Com registro nacional, Café do Norte Pioneiro impulsiona a região

Com registro nacional, Café do Norte Pioneiro impulsiona a região

Curitiba | 27-02-2019 16:17

Movimentação de cargas terá ritmo mais intenso nesta safra

Movimentação de cargas terá ritmo mais intenso nesta safra

PUBLICIDADE