Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Anvisa atualiza exigências para armazenamento de vacina da Pfizer

20/04/21 às 20:08 - Escrito por Agência Brasil
siga o Tarobá News no Google News!

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) atualizou as exigências de armazenamento da vacina da farmacêutica estadunidense Pfizer, flexibilizano a temperatura de conservação das doses.

Anteriormente, os frascos da vacina da Pfizer contra a covid-19 tinham de ser armazenados em temperaturas entre -90º e -60º. Com a mudança, os frascos podem ser guardados em temperaturas entre -25º e -15º por um período de até duas semanas.

Após esse prazo, os frascos precisam ser mantidos na temperatura já autorizada, entre -90º e -60º. Se retirada do congelador, os recipientes podem ser armazenados por até cinco dias nas temperaturas entre 2º e 8º.

Leia mais:

Imagem de destaque
APÓS REUNIÃO DO COPOM

Meta fiscal demonstra seriedade com contas públicas, diz Haddad

Imagem de destaque
EM ATÉ DOIS ANOS

MEC quer regulamentar lei do ensino profissional com rapidez

Imagem de destaque
DE 18 A 24 ANOS

Unicef lança laboratório para inclusão de jovens no mundo do trabalho

Imagem de destaque
DECISÃO DO STF

Indígenas e órgãos internacionais celebram derrubada do marco temporal

Segundo a Anvisa, estudos mostraram que a flexibilização da temperatura de conservação não prejudica a estabilidade do imunizante.

O imunizante, denominado Comirnaty, foi registrado no Brasil pela Wyeth Indústria Farmacêutica. A vacina obteve o registro definitivo da Anvisa em fevereiro deste ano.

© Copyright 2023 Grupo Tarobá