Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Cláudia, Luciane e Thyago deixam o MasterChef Profissionais em estreia inédita

14/09/22 às 08:49 - Escrito por Band

Recheada de emoção, a 4ª temporada do MasterChef Profissionais estreou nesta terça-feira (13) com uma maratona de eliminações. Ao todo foram três provas e, ao término de cada uma delas, um cozinheiro deixou o programa. CláudiaLuciane e Thyago foram os primeiros eliminados da edição e fizeram, respectivamente, desafios com língua, miúdos de peixe e uma prova de serviço com pratos da chef Helena Rizzo.  


Na receita de Cláudia, os chefs alegaram que a língua estava bem feita, mas a combinação de carpaccio, polenta e abóbora não agradou. Já Luciane acabou servindo um prato com peixe e o uso de frutas deixou o resultado “doce demais”. No embate final, a prova em grupo fugiu do controle com muitos erros e desorganização. A equipe não apresentou o que foi pedido e Thyago, que estava na liderança, deixou a competição.  


Em entrevista ao Band.com.br, os cozinheiros lamentaram a saída precoce. “Ser eliminada assim é uma loucura, mas estou muito feliz. Queria ter ficado mais e mostrado o meu trabalho, mas sou grata”, explicou Cláudia ao término das gravações. Luciane também se pronunciou sobre seu desempenho. “Não queria que a minha história no programa fosse resumida a um caldo. Estou bem frustrada.” Thyago, por sua vez, disse que o sentimento é de “vergonha”: “A maneira como saí foi difícil, não fui estratégico”, pontuou.


Cláudia ainda tinha esperança



Embora não tenha tido uma avaliação muito positiva, a nordestina pensou que não seria eliminada. “Eu acreditava ter chance. Em um primeiro momento, me frustrei muito com a saída, mas, depois, percebi que todos vão deixar a cozinha em algum momento. Então tudo bem, queria ter vivido outras experiências, mas me sinto vencedora”, celebra.  

 

A chef garante que o maior desafio no programa foi definir qual receita fazer. “É complicado elaborar o prato na cabeça, correr para o mercado, colocar em prática [o modo de preparo] e aquilo realmente sair como a gente está imaginando.” Se pudesse, ela mudaria os acompanhamentos da língua. Como não pode, volta para Aracaju e para o seu Bistrô Café Passado. “Amo o que faço, está tudo bem”, finaliza.  

 

O caldo da Luciane entornou...  
 

Cheia de processos, a receita preparada pela chef Luciane deu errado e acabou ficando mais doce do que ela planejou. Para ela, seu erro foi ter ousado demais. “Talvez devesse ir no que eu já conheço. Quis fazer algo cítrico e diferente, mas acabou não saindo como imaginei.”  

 

No MasterChef, a cozinheira profissional chegou no programa em busca de novas experiências e emoção. Apesar de não conquistar o título, ela segue animada para desenvolver suas receitas com tranquilidade. “Quero perceber os meus erros e ter tempo de arrumar e não errar de novo. Pequenas falhas são muito complicadas no MasterChef”, lamenta. Apesar de tudo, ela diz que “com certeza” voltaria mais uma vez: “Foi desafiador e emocionante”.  

 

Thyago se sentiu no “olho do furacão” 
 

Eliminado na última prova da noite, Thyago afirma que, se pudesse voltar ao passado, não teria liderado o desafio em equipe. “Percebi que fui induzido a uma situação. Não estou culpando ninguém, mas a liderança foi definida em minutos e, quando vi, estava no olho do furacão. Jamais assumiria o posto, deveria ter sido estratégico, jogar e ficar no meu canto. O objetivo da prova não era ter um líder.” 

 

Na prova da língua, o chef também teria feito uma receita diferente, apostando em uma massa fresca, sua especialidade. Cozinhar receitas ao lado de Helena Rizzo, no entanto, foi uma honra. “Estar ao lado dela foi um presente. Estou contente. Mesmo se ela achar que não sirvo nem para fritar um ovo, gostei de ter participado. Estou saindo humilhado, muito preocupado, não sei o que representará na minha carreira, mas espero que fique tudo bem. Não sou o melhor, mas sei fazer o que eu faço.”  

 

O que rolou no 1º episódio do MasterChef Profissionais  

 

Recepção de respeito 

Em noite de estreia, os 12 cozinheiros da 4ª temporada foram apresentados e já colocaram as mãos na massa. Ana Paula Padrão ofereceu, para cada um deles, um biscoito da sorte. Dois deles estavam “premiados” e deram, a Thyago e Marcelus, a chance de escolherem outros 4 participantes para fazerem a primeira prova. Além dos dois, Enzo, Wilson, Thalyta e Cláudia foram selecionados, enquanto os outros esperaram no mezanino.  

 

Ingrediente principal  

Os 6 participantes do desafio inaugural tiveram 1 hora para servir um prato feito com língua bovina. A proteína desceu do teto da cozinha e deixou todos espantados. Ao término da disputa, Wilson fez a melhor receita, seguido de Enzo e Marcelus. Destaques negativos, Thyago e Marília foram mandados para o vestiário, enquanto Claudia foi eliminada. 

 

Round 2  

Após uma rápida despedida, a cozinha deu lugar a um novo ingrediente e foi a vez do segundo grupo cozinhar com miúdos de peixe, como espinha, cabeça e rabo. Ellen, Hichel, Ananda, Luciane, Thalyta e Diego foram os chefs da vez. Após 1 hora, Diego venceu o desafio. Ellen e Ananda, que foram muito elogiadas, também subiram para o mezanino. Luciane foi eliminada, Hichel e Marília foram para o vestiário. 

 

Maratona de eliminações  

Na última prova de eliminação da noite, Thalyta, Thyago, Marília e Hichel enfrentaram a 1ª prova de serviço da temporada. Com a reprodução de um menu elaborado pela chef Helena Rizzo, os cozinheiros tiveram que servir 30 influenciadores especializados em gastronomia. 

 

Ao todo foram 3 horas de prova, incluindo o serviço, e muito desespero. Os competidores tiraram a jurada do sério com erros no cardápio e desorganização. Thyago, que assumiu a posição de líder da equipe, foi eliminado. 

 

 

© Copyright 2022 Grupo Tarobá