Decreto de posse de armas deve sair na segunda ou terça-feira, diz Onyx

Estadão Conteúdo
Brasil | Publicado em 11/01/2019 às 14:30

Foto Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, declarou nesta sexta-feira, 11, que o decreto que flexibilizará a posse de armas deve sair no começo da próxima semana, na segunda ou na terça-feira. "Ainda está nos ajustes finais", declarou após a cerimônia de troca de comando do Exército. Na posse, a arma só pode ser mantida em casa ou dentro de estabelecimento comercial.

Na quinta-feira, 10, após reunião com Jair Bolsonaro (PSL), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que o decreto poderia sair nesta sexta-feira. Conforme noticiou o jornal "O Estado de S. Paulo", membros do governo que participaram da elaboração da minuta entendem que a legislação atual deixaria espaço para "subjetividades" na hora de avaliar uma solicitação de posse. A ideia é fixar critérios mais objetivos.



Relacionados

Brasil | 25-06-2019 17:25

Alcolumbre: Executivo apresentará PL que regulamenta posse rural de armas

Alcolumbre: Executivo apresentará PL que regulamenta posse rural de armas

Brasil | 25-06-2019 16:50

Após porta-voz negar, Bolsonaro revoga decreto de arma e edita nova versão

Após porta-voz negar, Bolsonaro revoga decreto de arma e edita nova versão

Brasil | 25-06-2019 16:39

Paranaense foi mantida em cárcere privado por 20 anos em São Paulo

Paranaense foi mantida em cárcere privado por 20 anos em São Paulo

Brasil | 25-06-2019 14:20

Planalto: Bolsonaro não irá revogar decreto de armas

Planalto: Bolsonaro não irá revogar decreto de armas