Linha 4

Publicidade

Delegado confirma que três crianças e duas funcionárias foram mortas em creche de SC

Ellen Santos

Uma tragédia deixou os moradores da cidade de Saudades, na Zona Oeste de Santa Catarina abalados na manhã desta terça-feira (04). Três crianças com menos de dois anos, uma professora de 30 anos e uma servidora foram mortas por um rapaz de 18 anos. 

Segundo o delegado Jeronimo Marçal Ferreira, o suspeito entrou na creche armado com uma adaga, que é um tipo de facão, e começou a desferir golpes contra a professora. Ela conseguiu correr para dentro de uma sala, onde estavam quatro alunos e uma servidora. O criminoso foi atrás e atingiu todos que estavam no local. 

Três crianças e a professora morreram na hora. Já a outra funcionária e um aluno foram atendidos por equipes do Corpo de Bombeiros e encaminhados ao hospital. O prefeito confirmou que a servidora encaminhada a unidade hospitalar, não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Após cometer o crime, o suspeito tentou tirar a própria vida. Ele foi encaminhado ao hospital entubado e assim que receber alta será detido. 

O delegado ainda ressaltou que por volta das 10h30 várias pessoas ligaram para a Polícia pedindo socorro. Quando as equipes chegaram no local, encontraram a cena de horror. Rapidamente, os policiais isolaram a área para que o Instituto de Criminalística pudesse fazer a perícia. 

Em consulta no sistema, não foram constatadas passagens do suspeito pelo setor policial. Mas o delegado afirmou que familiares dele serão ouvidos para que eles possam entender qual o motivo desse massacre. 

O prefeito da cidade esteve na escola, onde relatou o momento de tristeza que a cidade está vivendo. Ele afirmou que está chocado com o acontecimento e que a ficha ainda não caiu. A Prefeitura está prestando todo apoios aos familiares das vítimas e funcionários da escola. 

Vídeo: Rodrigo Kroth

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade