Homem de 173 quilos tem cirurgia bariátrica garantida pela Justiça

Estadão Conteúdo
Brasil | Publicado em 25/05/2019 às 15:46

Um homem que sofre de obesidade mórbida, pesando 173 kg, buscava que a Agemed, seu plano de saúde, arcasse com as despesas de uma cirurgia bariátrica. O pedido foi, por fim, atendido pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) que também determinou a seu favor indenização de R$ 5 mil por danos morais.

O desembargador André Carvalho pontuou em sua decisão que ao plano de saúde "cabe indicar as doenças que serão cobertas por contrato, mas não o tratamento adequado".

Além disso, pesou na decisão judicial o fato de que o homem sofre de obesidade mórbida há mais de 30 anos e de outras complicações derivadas desse quadro, "sem que os tratamentos médicos utilizados tivessem êxito",

A Agemed declarou que a operadora ainda não foi intimada da decisão do Tribunal de Justiça de Santa Catarina. A empresa informou que a avaliação do caso "foi feita por profissional médico e seguiu diretriz estabelecida pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)".



Relacionados

Brasil | 22-09-2019 11:32

Deputada Federal Flordelis participa de reconstituição de morte do marido no Rio

Deputada Federal Flordelis participa de reconstituição de morte do marido no Rio

Brasil | 22-09-2019 11:00

Após atraso na liberação do corpo, Agatha Vitória será enterrada neste domingo

Após atraso na liberação do corpo, Agatha Vitória será enterrada neste domingo

Brasil | 22-09-2019 06:45

'IPCC da Amazônia' vai mapear riscos da floresta

'IPCC da Amazônia' vai mapear riscos da floresta

Brasil | 21-09-2019 17:35

STJ autoriza acréscimo de sobrenome do cônjuge após casamento

STJ autoriza acréscimo de sobrenome do cônjuge após casamento

PUBLICIDADE