Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Mulher de Bernardinho usa morte de vereadora para criticar eventual candidatura

15/03/18 às 14:55 - Escrito por Estadão Conteúdo
siga o Tarobá News no Google News!

A ex-jogadora de vôlei Fernanda Venturini, esposa do ex-técnico Bernardinho, usou o assassinato da vereadora Marielle Franco, do PSOL carioca, para criticar uma eventual candidatura do marido ao governo do Rio de Janeiro. Filiado ao Partido Novo, Bernardinho é cotado para concorrer ao Palácio Guanabara este ano.

No Instagram, Fernanda disse que "só tem bandido" na política e, entre as hashtags escolhidas para acompanhar a publicação, estava #melhorsaídaGaleão, em referência ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio.

Crime

Marielle Franco, de 38 anos, foi morta a tiros na noite desta quarta-feira, no Centro do Rio. Quinta vereadora mais votada em 2016, ela voltava para casa, na Tijuca, Zona Norte, quando o carro em que estava foi alvejado por nove tiros, segundo a investigação policial.

Leia mais:

Imagem de destaque
ORIENTAÇÕES

Saúde atualiza gestores e profissionais sobre normas em vacinas

Imagem de destaque
POSTO INVESTIDOR

Apenas uma empresa apresenta proposta na privatização da Sabesp

Imagem de destaque
EXPOSIÇÃO

INSS confirma exposição de dados de até 40 milhões de segurados

Imagem de destaque
PACIENTES

Auxílio para pessoas com transtorno mental tem aumento de R$ 255

O motorista do veículo, Anderson Pedro Gomes, também morreu.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá