PF na rua: Lava Jato mira esquema no sistema carcerário do Rio

Redação Tarobá News
Brasil | Publicado em 13/03/2018 às 06:59

© Tânia Rêgo/Agência Brasil

Oficiais da Polícia Federal, do Ministério Público Federal e do Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro cumprem, na manhã desta terça-feira (13), 14 mandados de prisão (9 temporárias e 5 preventivas) no âmbito da Operação Lava Jato.

O alvo, segundo o G1, são pessoas ligadas à Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), como o ex-secretário coronel César Rubens Monteiro de Carvalho e o delegado Marcelo Martins, atualmente no comando da diretorial geral de Polícia Especializada.

De acordo com o MPF, cerca de R$ 73 milhões foram desviados por meio do pagamento dobrado do pão fornecidos aos presos, com um contrato pelo fornecimento do pão e outro para a compra de ingredientes.

As acusações são de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, corrupção, peculato e fraude de licitação.

Leia mais em Notícias ao Minuto



Relacionados

Brasil | 23-09-2018 14:05

Famílias vão à Justiça para que planos paguem terapia específica para autismo

Famílias vão à Justiça para que planos paguem terapia específica para autismo

Brasil | 23-09-2018 12:41

ANP vai fazer consulta para substituir GNL importado por gás doméstico

ANP vai fazer consulta para substituir GNL importado por gás doméstico

Brasil | 23-09-2018 10:58

Temer viaja hoje para participar da Assembleia Geral da ONU

Temer viaja hoje para participar da Assembleia Geral da ONU

Brasil | 23-09-2018 09:21

TSE disponibilizará aplicativo que mostra apuração em tempo real

TSE disponibilizará aplicativo que mostra apuração em tempo real

PUBLICIDADE