Polícia apreende ambulâncias do Samu por falta de documentos no interior de MG

Redação Tarobá News
Brasil | Publicado em 30/05/2017 às 17:51

Quatro ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Emergência (Samu) foram apreendidas pela Polícia Rodoviária Federal na segunda-feira, 29, na rodovia BR-365, em Uberlândia (MG). Os veículos, zero quilômetro, estavam sem o licenciamento obrigatório, não tinham placas e seguiam somente com as notas fiscais.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, as ambulâncias deveriam estar sendo transportados em um caminhão cegonha, mas circulavam em comboio pela rodovia. Os veículos partiram de Ituiutaba (MG) com destino a Uberlândia (MG) e seriam utilizados na implantação do Samu Triângulo Norte. A abordagem ocorreu no quilômetro 634 da rodovia, sendo as ambulâncias mandadas para o pátio do Departamento de Trânsito (Detran).

Apreensão

Os veículos chegaram à região em outubro do ano passado para o Consórcio Intermunicipal da Rede de Urgência e Emergência da Macrorregião do Triângulo Norte (Cistri), que atende mais de 20 municípios somando cerca de 1,3 milhão de habitantes.

Procurado pelo jornal O Estado de S. Paulo, o órgão informou que as ambulâncias voltavam da revisão quando foram apreendidas, mas agora estão emplacadas.

Os documentos também já estariam em dia e a expectativa é de que fossem liberadas até o fim da tarde desta terça-feira, 30. Entretanto, ainda não a prazo para começarem a operar, pois isso depende de "autorização do governo estadual".



Relacionados

Brasil | 23-09-2018 08:54

Celulares irregulares serão notificados a partir deste domingo

Celulares irregulares serão notificados a partir deste domingo

Brasil | 23-09-2018 08:43

Apostador de Itaguara leva R$ 21,7 milhões na Mega-Sena

Apostador de Itaguara leva R$ 21,7 milhões na Mega-Sena

Brasil | 22-09-2018 20:08

Primavera começa neste sábado e El Niño deve 'bagunçar' o clima

Primavera começa neste sábado e El Niño deve 'bagunçar' o clima

Brasil | 22-09-2018 15:05

Secretário de Obras de Queimados, na Baixada Fluminense, é assassinado a tiros

Secretário de Obras de Queimados, na Baixada Fluminense, é assassinado a tiros