Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Agente da Guarda Municipal foi quem atirou contra jovem em casa noturna no bairro Alto Alegre

09/04/23 às 18:27 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Um agente Guarda Municipal de Cascavel foi o responsável pela morte do jovem Mateus da Silva Mariano, de 22 anos, na madrugada deste domingo (09), em frente a uma casa noturna de Cascavel.


A Prefeitura de Cascavel divulgou uma nota na tarde deste domingo, lamentando a morte do jovem pelo GM. Confira:


"A Guarda Municipal lamenta profundamente o ocorrido na madrugada deste domingo (8), quando um de seus agentes, que não estava de serviço, se viu obrigado a intervir em uma luta corporal com um rapaz de 22 anos, Infelizmente, um disparo foi efetuado e, apesar dos esforços dos órgãos de saúde presentes no local, o rapaz não resistiu e faleceu.

Leia mais:

Imagem de destaque
EM LONDRINA

‘Festival de Música no Busão’ leva diversão para o transporte público

Imagem de destaque
ENCAMINHADO AO HOSPITAL

Idoso passa mal, invade praça e bate o carro em mureta na Rua Quintino Bocaiúva

Imagem de destaque
EM IBIPORÃ

PCPR conclui inquérito de atropelamento de uma idosa de 63 anos na BR-369

Imagem de destaque
ATENÇÃO

Prefeitura de Londrina faz plantão de atendimento do Profis neste sábado


O GM envolvido permaneceu no local e foi conduzido à 15ª SDP para prestar depoimento, juntamente com outras testemunhas. Além disso, foi instaurado um inquérito policial para apurar as circunstâncias do ocorrido, bem como um procedimento administrativo interno para avaliar a situação. Enquanto aguarda a conclusão das investigações, o GM foi afastado de suas funções."


Segundo o agente da Guarda Municipal, ele teria tentado ajudar os seguranças do local, já que a vítima teria se envolvido em uma confusão generalizada. Na tentativa de retirar o jovem, o Guarda foi atingido por um soco no rosto pela vítima dos disparos, que ainda tentou retirar a arma do GM, sendo atingido por um disparo em seu rosto. 


O Guarda Municipal de Cascavel não estava de serviço no momento da confusão. A arma de onde partiu o disparo, é um revólver Taurus PT 838 de propriedade da Guarda Municipal de Cascavel. Conforme o Boletim de Ocorrência do caso, todos os envolvidos foram encaminhados até a 15ª SDP após o crime, sendo que em teste etilométrico, Roberto de Souza não ingeriu bebida alcoólica na casa noturna. 

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá