Linha 4

Publicidade

Após vários adiamentos, expectativa de que júri do caso Matheus Evangelista seja realizado em agosto

Redação Tarobá News

O júri do caso da morte do jovem Matheus Evangelista está marcado para três de agosto, na próxima semana. Após quatro adiamentos, a defesa espera que desta vez o júri seja realizado. Para o advogado Mário Barbosa, "a pandemia justificava o adiamento, mas isso já passou, já está organizado, vai restringir a entrada de pessoas no local e o ato, que tem que ser público, vai ser transmitido para todos que tem interesse via canal de Justiça. Nós acreditamos que o juiz já tomou todas as medidas sanitárias que precisava ter tomado."

A morte do jovem Matheus Evangelista completou três anos em 11 de março, sem que o principal acusado do crime, o ex-guarda municipal Fernando Ferreira das Neves, fosse julgado pelo Tribunal do Júri. Neves chegou a ficar detido, mas responde em liberdade.

Matheus Ferreira Evangelista morreu aos 18 anos em uma abordagem da Guarda Municipal na zona norte de Londrina, durante o atendimento de uma ocorrência por perturbação de sossego, em março de 2018. Três agentes que estavam na abordagem foram indiciados no processo.

No entanto, dois deles tiveram os processos cancelados. Esta foi a quarta vez em que a Justiça remarcou a data do julgamento de Fernando Ferreira das Neves. O réu responde por homicídio qualificado e fraude processual. Ele é acusado de ter disparado o tiro que atingiu Evangelista no pescoço.

Veja a reportagem exibida no Tarobá Notícia desta terça-feira (27). 

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Nós usamos cookies teste site para lhe proporcionar a melhor experiência possível lembrando de preferências em visitas anteriores. Clicando em "Aceitar" você aceita o uso de cookies e nossos Termos de Uso.