Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Cascavel aplica mais de 5 mil doses durante o dia D de vacinação

17/04/23 às 09:14 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

A Secretaria Municipal de Saúde realizou sábado (15), o “Dia D” de vacinação contra gripe e de multivacinação. A mobilização, que aconteceu em 44 unidades de saúde, garantiu a aplicação de cerca de 5 mil doses em Cascavel. 


De acordo com o balanço do PMI (Programa Municipal de Imunização), foram aplicadas 3.126 doses contra a influenza. Dessa forma, agora já são 18.353 pessoas imunizadas no Município. Ao todo, o foco é vacinar 131 mil munícipes nesta fase da campanha, que tem como alvo os grupos prioritários. 


No “Dia D”, a população também aproveitou para atualizar o calendário vacinal. Conforme o balanço, foram aplicadas 1.321 doses de covid e 413 doses de vacinas de rotina. Ao todo, as equipes da saúde aplicaram 4.860 imunizantes no sábado. 

Leia mais:

Imagem de destaque
POLICIAL

Ao tentar furtar igreja e serem contidos por populares, homens se fingem de mortos

Imagem de destaque
TRÂNSITO

Mulher bate carro, fica transtornada e é presa após ocorrido

Imagem de destaque
INVESTIGAÇÃO

Mais um corpo é encontrado na região de Marechal Rondon, o terceiro em três dias

Imagem de destaque
POLICIAL

Homem morre em grave acidente no centro de Nova Santa Rosa durante a madrugada


VACINA CONTRA GRIPE 


A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe segue em todo o Brasil até o dia 30 de maio. Em Cascavel, as unidades de saúde atendem de segunda a sexta-feira, das 8h até 15 minutos antes do fechamento de cada unidade.  


A Secretaria de Saúde destaca que a imunização contra a gripe é extremamente importante para evitar o agravamento de doenças respiratórias. Por isso, recruta os munícipes a abraçarem a campanha.

A aplicação das doses de influenza acontece para os seguintes públicos.


Confira:
- Idosos com mais de 60 anos;
- Crianças de 6 meses a menores de 6 anos;
- Gestantes e puérperas;
- Povos indígenas;
- Trabalhadores da saúde;
- Professores das escolas públicas e privadas; 
- Pessoas com doenças crônicas (apresentar laudo médico); 
- Pessoas com deficiência permanente;
- Profissionais das forças de segurança e salvamento e das forças armadas; 
- Caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso e trabalhadores portuários; 
- Funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade. 

Os profissionais que fazem parte do grupo prioritário devem apresentar vínculo empregatício. 


VACINAÇÃO É UM DIREITO


Vale lembrar que a vacinação é gratuita e um direito dos munícipes. O PMI recomenda levar a carteirinha para manter o documento atualizado. E, lembre-se, vacinas salvam vidas.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá